Dolce & Gabbana se torna a primeira marca de luxo a ter tamanhos para todos os tipos de corpos

Agora decidiram expandir os tamanhos de suas roupas de sua próxima coleção antes do outono de 2020, passando de tamanhos apenas para meninas magras para chegar ao XXXL.

CONTI outra

Publicado originalmente em UPSOCL

Essas são as mudanças de que precisamos: parem de pensar que os únicos corpos bonitos são finos e aceitem que “quilos extras” não são um sinal de feiura.

Dolce & Gabbana é uma das marcas de luxo mais reconhecidas em todo o mundo, fundada pelos italianos Domenico Dolce e Stefano Gabbana durante anos foi um exemplo a seguir para muitas outras coisas da moda. Lamentavelmente, no ano passado, houve mais notícias sobre seus escândalos do que sobre suas coleções.

Em 2018, eles chamaram “feia” Selena Gomez e, em seguida, tentaram desmerecer a influencer Chiara Ferragni, que usava um vestido feito por Dior. No entanto, tudo parece indicar que a marca quer mudar essa imagem ruim que conquistou no último período.

Agora decidiram expandir os tamanhos de suas roupas de sua próxima coleção antes do outono de 2020, passando de tamanhos apenas para meninas magras para chegar ao XXXL.

Ou até o tamanho 54 de acordo com as medidas italianas, ou 22 de acordo com a tabela britânica. Mas qualquer que seja o sistema de medidas que usamos para os tamanhos, a verdade é que a marca está fazendo algo nunca antes visto em marcas de luxo.

É a primeira casa de moda das mais tradicionais do mundo a se dedicar a ampliar seus tamanhos para chegar ao público plus size. Algo que eles têm incluído em seus desfiles há algum tempo.

Mas até agora seus esforços por uma moda mais inclusiva tinham sido simplesmente elevar modelos e tamanhos para suas passarelas. Agora é finalmente uma mudança real que pode implicar uma mudança significativa em como o mundo vê a moda de luxo.

Embora possa se pensar que se trata de algo insignificante, não é. Estamos falando de uma das marcas mais importantes da moda no mundo, uma que se caracterizou por usar modelos finos como sinônimo de “beleza”, onde os “quilos extras” sempre foram vistos como algo negativo.

E graças a ações como essas, esse pensamento pode ser esquecido gradualmente, e deixar de se pensar que apenas mulheres magras são bonitas. Porque agora, pelo menos em Dolce & Gabbana, todos podem escolher ficar bonitos com o mesmo vestido.

“Na coleção Pre-Fall de 2019 existem diferentes modelos, em sua maioria icônicos, disponíveis em tamanhos maiores; com a intenção de estender o tamanho até 54. Expandir os tamanhos da coleção feminina é uma evolução natural para a Dolce & Gabbana. ”

Que mais marcas sigam este exemplo! É extremamente muito necessário.

***

Via Revista Pazes

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.