A filósofa, professora, ativista e escritora santista Djamila Ribeiro foi convidada para assumir a vaga da escritora Lygia Fagundes Telles na Academia Paulista de Letras (APL). O convite partiu do presidente da instituição, José Renato Nalini.

Lygia Fagundes Telles, que faleceu no dia 3 de abril, aos 103 anos de idade, ocupava a cadeira 28 da APL.

Djamila informou que participou, recentemente, de uma sessão da Academia e que sua intervenção foi “bem recebida” pelos membros da instituição.

De acordo com Djamila, “vários acadêmicos acenaram com satisfação” ao convite.

Após o falecimento de Lygia, a filósofa foi contactada por Nalini, que oficializou o convite. Depois, ela se inscreveu para a vaga e aguarda a respossta da APL. À coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo, DJmaila disse que ficou muito “feliz e honrada”.

Djamila Ribeiro é mestre em filosofia política pela Unifesp e professora da PUC-SP. Coordena a coleção “Feminismos Plurais”, da editora Pólen e é autora de livros como “O Que é Lugar de Fala?”, “Quem Tem Medo do Feminismo Negro?” e “Pequeno Manual Antirracista”.

***
Redação Conti Outra, com informações de Forum.
Foto de capa: Divulgação.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.