O diretor Kevin Smith recorreu às redes sociais para falar sobre o recente afastamento de Bruce Willis da carreira de ator e para se desculpar pelas reclamações que fez a ele durante as filmagens do filme Tiras em Apuros, de 2010. O ator foi diagnosticado com afasia, um distúrbio de linguagem que afeta a capacidade de comunicação da pessoa.

No filme dirigido por Kevin Smith, coube a Bruce Willis o papel de Jimmy Monroe, um veterano que precisa de dinheiro para arcar com os custos do casamento da filha e, para isso, resolve vender um precioso cartão de beisebol — que é roubado por criminosos.

“Muito antes Tiras em Apuros, eu era um grande fã de Bruce Willis — então isso [comunicado da aposentadoria] é realmente doloroso de ler. Ele adorava atuar e cantar e a perda disso deve ser devastadora para ele. Eu me sinto um idiota pelas minhas reclamações mesquinhas de 2010. Sinto muito por BW e sua família”, manifestou Kevin Smith em seu perfil no Twitter.

A afasia é uma disfunção que faz com que o paciente tenha dificuldade de se comunicar adequadamente, afetando a compreensão de imagens e sons, bem como distintas modalidades de expressão. O paciente diagnosticado com a doençacom pode enfrentar problemas para ler textos, entender falas e sons, falar e escrever. O tratamento pode ser feito com o auxílio de imagens.

Aos 67 anos, Bruce Willis já estrelou obras clássicas do cinema, como Corpo Fechado, Duro de Matar, O Sexto Sentido e O Quinto Elemento.

***
Redação Conti Outra, com informações de Omelete e Agência Brasil.
Capa: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.