Vamos conhecer melhor a capital mineira com essas dicas para visitá-la? Não perde o trem não, sô!

Lugar de descanso antigamente, Belo Horizonte era muito procurada por pessoas com problemas pulmonares, até mesmo o mal do século, também conhecido como tuberculose. Devido ao seu clima serrano e ameno e à arborização da capital, era o cenário ideal para a recuperação de doenças.

Atualmente, é procurada por sua história e, principalmente, pela cultura. Intitulada como a Capital da Cultura, Belo Horizonte é reconhecida por seus museus e ruas culturais. Os bares também entram nessa fama, por ser também conhecida como a Capital dos Botecos.

Por essas e outras razões, diversas pessoas de Minas, como quem vem de ônibus de Divinópolis a BH, buscam por passeios e diversão na capital mineira. Mas Belo Horizonte tem muito mais do que botecos e museus. Vamos conhecer os seus encantos?

Praça da Liberdade

Conhecida por abrigar a antiga sede do Governo de Minas, atualmente localizada na Cidade Administrativa, a Praça é conhecida pelo seu valor histórico e cultural. Cercada pelos prédios de antigas secretarias, atualmente transformados em museus e espaços culturais, a Praça da Liberdade encanta a todos que a visitam.

Uma dica é vê-la no período de Natal e Ano Novo. A iluminação da praça muda a cada ano e vale a pena conferir!

Circuito Cultural

Formado pelas antigas secretarias, atualmente museus, o Circuito Cultural Praça da Liberdade é um dos melhores lugares para se visitar. Na região há o Museu das Minas e do Metal, que mostra a riqueza das pedras mineiras e nacionais; o Memorial Vale conta um pouco da história de Minas; por fim, o Espaço do Conhecimento da UFMG traz sempre novidades em sua fachada espelhada.

O prédio da PUC Minas, com as curvas de Oscar Niemeyer, também é uma atração que vale a pena conferir. E, ali bem ao lado, há o Centro Cultural Banco do Brasil, sempre com exposições legais e interativas. Vale muito a pena conferir as suas novidades!

Mercado Central

Quem visita Minas não pode deixar de provar as delícias mineiras, certo? E você encontra todas no Mercado Central! Doces de leite e compotas, queijos de diversas variedades, cachaças artesanais e muito mais estão à sua espera no Mercado Central de Belo Horizonte!

Para quem não resiste aos petiscos, pode provar lá também! O famoso fígado com jiló acompanhado de uma cerveja gelada é presença garantida em seus bares e botecos. Vale a pena visitá-lo quando for à Beagá!

Parque Municipal

Ainda no centro de BH você encontra um recanto tranquilo, um espaço verde em meio ao trânsito. É o Parque Municipal Américo Renê Giannetti. Próximo ao Palácio das Artes, também tem um teatro próprio, o Francisco Nunes.

Além de locais para caminhadas e passeios de barco, o parque tem diversos brinquedos para a criançada. Logo, se estiver de visita em BH com as crianças, não deixe de visitá-lo.

Lagoa da Pampulha

Conhecida pelo jacaré e pelas capivaras, a Lagoa da Pampulha é o local ideal para quem gosta de corridas, caminhadas e andar de bicicleta. No entanto, mais do que a vida fitness, suas principais atrações estão no entorno: o famoso conjunto arquitetônico da Pampulha. Todo idealizado e concluído por Oscar Niemeyer, é um local que vale a pena conferir.

Região da Pampulha

Começamos pela Igreja de São Francisco de Assis, uma das obras mais bonitas da região, seguida pela Casa do Baile e o Museu de Arte da Pampulha. Os jardins de Burle Marx também são uma atração a mais, que enaltecem as arquiteturas e deixam a região ainda mais bonita.

Voltado para as crianças e ainda na região da Pampulha está o Jardim Zoológico, com o aquário de peixes do Rio São Francisco, o Borboletário e o Jardim Japonês. Além dele, também há o Parque Guanabara, no meio da avenida e sempre com novas atrações para toda a família.

Parque das Mangabeiras

Conhecido por suas trilhas e locais naturais, a principal atração do Parque das Mangabeiras é o seu mirante. Nele, é possível ver, a qualquer hora do dia, toda a cidade de Belo Horizonte. A vista é maravilhosa e o local, convidativo para relaxar e descansar, seja com a família ou a dois.

Bares e botecos

Como Belo Horizonte também é conhecida por sua vida boêmia, vamos citar alguns locais para visitar. Além da Lagoinha, que inspirou uma cerveja da Walls, há também o bairro Santa Tereza, com bares para diversos gostos e bolsos.

O Centro da cidade também tem locais bons para beber com os amigos, como a rua Sapucaí e o Edifício Maletta. Para quem curte uma cerveja mais artesanal, o Juramento 202 – Cervejaria Viela é uma opção, localizado no endereço de mesmo nome e frequentado pelos que apreciam cervejas feitas em casa.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.