David Junior quer sociedade diferente para a filha: ‘O racismo fez um estrago na minha cabeça’

O ator David Junior revelou em entrevista que, mesmo tendo assumido o posto de galã em diversos trabalhos na TV, só recentemente passou a se achar bonito. "tinha esse preconceito de ver negros de forma negativa,, pois foi como aprendi a me ver".

CONTI outra

O ator David Junior, de 34 anos, é um dos criadores da animação infantil “Hora do Blec”, que traz represntatividade negra para as crianças desta nova geração. Em entrevista para O Globo, ele contou que a ideia do projeto surgiu a partir do sucesso que seu personagem na novela Bom Sucesso, o Ramon, fazia com as crianças. Segundo ele, os pequenos passaram a copiar até o seu cabelo.

A animação, em parceria com a sua mulher, Yasmin Garcez, está disponível no Youtube. A narrativa gira em torno de um garoto negro que usa seu pente-garfo para ativar superpoderes.

Na entrevista para O Globo, David contou que não se via representado na TV. Mais do que isso, cresceu sem se sentir protagonista da própria vida ou acreditar que pudesse ocupar uma posição de destaque. Marcas de um racismo estrutural que lhe roubou a capacidade de sonhar e a autoestima. Questões que, hoje, ele trata na análise.

Ele revelou ainda que, mesmo tendo assumido o posto de galã em diversos papeis na TV, só recentemente passou a se achar bonito (“tinha esse preconceito de ver negros de forma negativa, suja, pois foi como aprendi a me ver”) e que tenta superar as feridas abertas pelo racismo que sofreu na terapia (“tenho questões para a vida inteira enquanto corpo preto”).

Ele também lembrou o passado de vendedor de loja (“sempre que um negro entrega o currículo, pensa: ‘Será que coloco a minha foto?’”) e conta ter um grupo de WhatsApp com amigos para discutir o machismo (“falamos como nós, homens, somos frágeis e inseguros, por isso agredimos e oprimimos. essas coisas entram na nossa cabeça, e a gente acaba reproduzindo”).

David diz que, enquanto espera a chegada da filha, Amora, prevista para nascer no mês que vem, seu maior desejo é justamente que ela possa se imaginar sendo o que quiser.

O próximo trabalho de David junior será na série “Fim”, baseada no livro de Fernanda Torres. As gravações serão retomadas em 2021.

***
Redação Conti Outra, com informações de O Globo.
Foto destacada:Jorge Bispo/ Divulgação.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.