Em Grenoble, no sudeste da França uma história que poderia terminar em tragédia teve uma feliz feliz. Duas crianças, de 3 e 10 anos, se salvaram de um incêndio em um prédio ao pular do terceiro andar, uma altura de 12 metros. O desfecho positivo só foi possível porque adultos se posicionaram em frente ao prédio e as seguraram, evitando que o impacto da queda fosse fatal.

A cena foi registrada em um vídeo, filmado em outro prédio residencial e publicado pelo jornal regional “Le Dauphiné Libéré”. Nas imagens impressionantes imagens que rodaram o mundo, se vê uma espessa fumaça preta saindo das janelas do apartamento e os moradores gritando de medo. Em seguida, a criança mais velha segura a menor pelas roupas antes de soltá-la. No térreo, várias testemunhas a amparam e, momentos depois, o mais velho salta.

De acordo com os bombeiros, as duas crianças escaparam ilesas ao incidente e foram hospitalizadas por terem inalado a fumaça, assim como outras 17 pessoas do edifício que presenciaram o incêndio.

Duas das testemunhas que salvaram as crianças ficaram feridas e foram levadas às pressas para o hospital com uma possível fratura no antebraço, de acordo com relatos das equipes de resgate.

Ainda não se sabe quais forma as causas das chamas e o local onde os pais das crianças estavam no momento do incêndio.

***

Redação CONTI outra. Com informações de G1 e Correio do Povo

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.