Coronavírus: Presidente do Twitter doará US$ 1 bilhão, o equivalente a 28% de sua fortuna

REDAÇÃO CONTI outra

Jack Dorsey, o presidente-executivo do Twitter, anunciou a doação da impressionante quantia de US$ 1 bilhão de dólares de sua participação na empresa de pagamentos Square para ajudar no combate aos efeitos da pandemia de coronavírus.

Através da própria rede social, o executivo contou que a quantia a ser doada é o equivalente a cerca de 28% de sua fortuna e será destinada para o fundo de caridade criado por ele, o Start Small, que irá concentrar suas atenções sobre renda básica universal e saúde e educação de meninas.

O executivo, que tem uma fortuna avaliada em US$ 3,3 bilhões, segundo a Forbes, explicou que está doando sua participação na Square em vez de no Twitter porque ele possui uma parcela maior da empresa de meios de pagamento.

Dorsey disse ainda que todas as suas doações para o Start Small serão tornadas públicas. A nova atitude contraria um posicionamento anterior do executivo, que passou anos mantendo privadas as suas ações de caridade.

Além de Jack Dorsey, outro grande empresário norte-americano anunciou uma generosa doação nos últimos dias. Na semana passada, o presidente-executivo da Amazon, Jeff Bezzos, anunciou que doaria US$ 100 milhões para ajudar a combater a fome nos Estados Unidos durante a pandemia do novo coronavírus.

***
Redação Conti outra. Com informações de G1
Foto: Toby Melville/Reuters

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.