Conhecida pela serenidade, Monja Coen se altera ao alertar sobre a necessidade de cumprir quarentena

“É momento de ficar em casa, pensem na saúde de todos e não no seu lucro pessoal”, disse a monja em tom um pouco “menos sereno” que de costume.

REDAÇÃO CONTI outra

Um vídeo sacudiu a internet neste sábado, 28, e a responsável por isso é – quem diria? – a Monja Coen. Com o intuito de fazer um apelo para que as pessoas fiquem em casa durante a pandemia de COVID-19, ela gravou uma mensagem e postou nas redes sociais. Além da mensagem, chamou a atenção dos internautas o tom usado pelo Monja, que sempre foi conhecida por sua voz suave e seu jeito sereno. Em voz alta e tom dramático, ela deu seu recado: “Gente, por favor, fiquem em casa. Não vão a templos, não vão a igrejas, fiquem em casa. O que é isso? Ainda nem começou, gente e vocês achando que já tá acabando?”

Monja Coen ainda soltou alguns dados para seus seguidores: “vai ser de seis a 20 de abril o grande pico. Se você ficar em casa esse pico não vai ser tão alto. A nossa curva ainda nem começou a subir e vocês estão fazendo bateria na rua que querem trabalhar? Vão trabalhar nas suas casas. Deixem de ser gananciosos. É momento de ficar em casa, pensem na saúde de todos e não no seu lucro pessoal”.

O vídeo rapidamente viralizou nas redes sociais, perincipalemnte no Twitter, e obteve as melhores respostas.

“MARAVILHOSA! Me sinto até mais leve, porque se esses cães tiraram até a Monja Coeen do sério …” , disse um usuário do Twitter.

“amiga, se até a monja tá surtando, quem somos nós, mesmo que recém saídas do Reiki? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk” , escreveu outra usuária da rede.

Confira o vídeo da Monja Coen e tire suas próprias conclusões. Se bem que eu não ousaria desobedecer a Monja, que deu uma pausinha na sua paz espiritual só para dar uma bronca nas pessoas.

***
Redação CONTI outra. Com informações de Forum

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.