Conheça a cidade suiça onde cada habitante tem a sua própria horta

Tudo o que se consome lá é 100% orgânico

CONTI outra

Les Avanchets, Genebra, Suíça, é a cidade dos sonhos para todos os jardineiros urbanos, de acordo com o fotógrafo e ambientalista francês Yann Arthus-Bertrand, já que quase todas as casas têm pelo menos um jardim para colher seus alimentos.

Segundo Arthus, esse costume é um legado da Primeira Guerra Mundial. Após os conflitos, no século 20, o governo da Suíça e outros países da Europa deram ao povo lotes de terra para que eles pudessem construir suas vidas. Assim começou a cultura da agricultura urbana no país.

Mas isso não é tudo, a cidade também usa métodos agrícolas sustentáveis; as crianças são ensinadas a cultivar suas próprias frutas ou vegetais e, ao mesmo tempo, métodos antigos e tradicionais são misturados para alcançar um sistema sustentável e uma melhor qualidade de vida para todos.

Esses jardins urbanos, por sua vez, geram atitudes duradouras de solidariedade e amizade, além de promover a troca com os vizinhos.

Atualmente, a agricultura urbana está no auge em todo o mundo, e suas raízes estão nas cidades industriais do início do século XIX.

Países como Grã-Bretanha, Alemanha e França foram forçados a fornecer terras para seus trabalhadores para atender às suas necessidades e melhorar as condições de vida nos bairros da classe trabalhadora.

Pomares para londrinos necessitados emergiram também emergiram no passado e serviram para fornecer apoio, saúde e estabilidade social.

Embora muitos lugares tenham esquecido os jardins urbanos com o passar do tempo, esse lugar realmente se enraizou e hoje já existem mais de 50.000 hectares de jardins urbanos na área: uma tendência que cresce em todo o planeta.

O que você acha desse tipo de prática? Gostaria de ter uma horta em sua casa?

Traduzido pela CONTI outra. Com informações de Nation.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.