Confeiteira que foi humilhada por doar “bolo pequeno demais” recebe apoio e carinho na internet

Cida é uma confeiteira de coração generoso que praticou o gesto nobre de doar um kit festa a uma mãe que dizia não ter condições de pagar por ele. Mas ela não esperava receber de volta tanta ingratidão.

REDAÇÃO CONTI outra

Alguns seres humanos são capazes de cometer atos tão mesquinhos e reprováveis que quase não dá pra acreditar que seja verdade. E quem sabe bem disso é a confeiteira Cida Guilherme, de 50 anos, que foi vítima da ingratidão de alguém a quem generosamente tentou ajudar.

Há algum tempo, a confeiteira fez uma postagem no Facebook, expondo o seu trabalho através de fotos e passando os valores. E foi aí que ela recebeu um pedido de ajuda.

“Ela estava online e entrou contato comigo pedindo ajuda. Disse que estava desempregada e que o marido também, que a filha iria fazer aniversário, e não tinha nem um bolinho para cantar parabéns”, conta Cida.

Seguindo seu coração, Cida teve a nobreza de garantir um bolinho para a criança. “Falei que se dependesse de mim, a filhinha dela não ficaria sem bolo para cantar parabéns, até expliquei que só daria o bolo porque também estava passando por um momento difícil. Ela foi muito amável e agradeceu afirmando que seria só para cantar um parabéns.”

Mesmo tendo prometido doar apenas um bolo, a confeiteira Cida ficou tão feliz em ajudar que decidiu presentear a moça com os salgados e os docinhos também.

“Nossa, no dia ela me agradeceu por tudo, mas não vi nem uma postagem da festinha, achei estranho, mas deixei para lá”, lembra.

E foi no começo deste ano que Cida teve uma desagradável surpresa. A mulher a quem a confeiteira ajudou com o kit festa fez uma postagem no Facebook, reclamando que o bolo doado era pequeno demais para a festa de aniversário para 50 convidados que tinha organizado. “…Da próxima vez que for dar algo pra alguém, voce dê algo que preste!”, disse a mulher.

Foto: Reprodução/Facebook

“Quando vi o post, achei que fosse alguma homenagem para a filha com a foto do bolinho. Na hora, eu desabei, só queria chorar e chorar, apenas isso.”

A atitude da mulher revoltou milhares de pessoas.

“Ela me expôs, mas recebi o apoio de muitas pessoas, ela até desativou a conta depois disso. Eu ia doar só o bolo, mas acabei entregando um kit de aniversário com salgados”, lembra Cida.

Clientes e amigas fizeram questão de defender Cida! Inclusive, no mês passado, a mulher entrou em contato com ela por meio de um parente, pedindo desculpa e novamente um bolo para a filha!

“Eu falei que eu faria o bolo se ela trouxesse a pequena para comemorar o niver aqui na minha casa, mas ela não aceitou e sumiu.”

Apesar de ter sido vítima de tamanha ingratidão, Cida garante que não vai parar com as doações.

Foto: Arquivo Pessoal

“Fiz com todo amor e carinho, mas esta não foi e nem será a minha única doação para criança. Muitas pessoas se revoltaram e me aconselharam a não doar mais nada, mas eu não sei dizer um não quando se trata de crianças, eu vivo pra isso e é o que me faz bem.”

***

Ajude a Cida a continuar dando aula de confeitaria para as crianças, contribua com a vaquinha aqui.

***

Redação CONTI outra. Com informações de Razões para Acreditar

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.