As criptomoedas tiveram um crescimento gigantesco a alguns anos e agora cada vez mais parecem estar se estabilizando. Empresas de várias áreas utilizam as criptomoedas como forma de pagamento, como restaurantes, cassino online e tantos outros ramos que aproveitam da facilidade das carteiras eletrônicas para receber através desse meio de pagamento que pode gerar mais lucros que outras formas mais tradicionais.

Mas, com a estabilização de várias criptomoedas, será que ainda é possível ganhar através delas? Como os traders conseguem ter estilos de vida tão exorbitantes? Será que ainda dá tempo de ganhar dinheiro negociando criptomoedas?

O que são as criptomoedas

As criptomoedas são moedas digitais, isso é, elas não estão alocadas ou registradas em um banco como as moedas que chamamos de físicas (ainda que estejam em contas online como é o caso de contas de bancos digitais).

As criptomoedas só existem nos meios digitais então, para conseguir usá-las os donos das mesmas possuem duas opções: Fazer pagamentos utilizando as moedas através de carteiras digitais ou vender as moedas e receber o dinheiro em uma conta bancária.

As carteiras digitais utilizadas pelas criptomoedas não são carteiras bancárias, ou seja, não possuem a interferência de um banco.

Outro ponto importante relacionado às criptomoedas é que não é possível reverter a transação. Uma vez que o usuário fez o pagamento, não é possível solicitar o estorno, até porque não existe uma empresa intermediária que possa fazê-lo.

Negócios possíveis através das criptomoedas

O Bitcoin teve um rendimento de 120% no ano de 2021 e isso foi uma surpresa para muitos dos investidores, mas, no primeiro semestre de 2022 já despencou em 60% do valor de 2021. Ainda sim, a moeda custa em torno de US$23.000 e participa de movimentações importantes ao redor do mundo.

1. Trade

Os traders estão em alta quando se fala de criptomoedas. Eles são profissionais que compram e vendem moedas digitais em um curto espaço de tempo de acordo com a variação da mesma.

Essa é uma função para aqueles que possuem tempo, já que a variação em um mesmo dia pode ser grande.

Antes de fazer esse tipo de investimento, é preciso estudar bastante já que esse é um negócio de alto risco.

2. Empréstimos para plataformas

É possível emprestar criptomoedas para que plataformas, que pagam em um certo período com juros para os usuários. Normalmente esses usuários podem escolher o período que deixaram as criptomoedas nas plataformas e elas então emprestam essas moedas para outras pessoas.

É como se o dono principal das criptomoedas fosse um banco. Uma vantagem desse sistema é que os juros podem ser muito bons mas, se as criptomoedas desvalorizarem, o usuário perde no momento de resgatá-las.

Nessa modalidade é importante verificar todos os termos contratuais com a plataforma.

3. Valorização

Muitas pessoas preferem não fazer investimentos tão arriscados ou trabalhar de forma corriqueira com as criptomoedas, mas ainda sim querem participar das vantagens que essa modalidade pode trazer, por isso, é normal ver pessoas que compram as criptomoedas quando elas estão em baixa e esperam uma valorização de longo prazo.

A diferença dos traders para essas pessoas é que elas utilizam as criptomoedas como uma espécie de poupança, sem trabalhar com isso ativamente a todo o tempo, como os traders.

Esse tipo de investimento precisa ser feito em criptomoedas mais seguras, já que é um investimento a longo prazo. Milhares de criptomoedas estão no mercado, mas milhares também desapareceram ao longo do tempo, por isso, o ideal é apostar nas criptomoedas com chance de crescimento ou as que já estão consolidadas.

4. Método de pagamento

Muitas empresas utilizam as criptomoedas como método de pagamento exatamente para conseguir ganhar com elas sem precisar necessariamente fazer a compra. Os estabelecimentos normalmente colocam o preço do produto com um valor acima do mercado para aqueles que pagam com criptomoedas e então conseguem uma margem de lucro na venda delas.

É importante salientar que essas empresas estão se arriscando devido à volatilidade das moedas, então, é uma boa forma de ganhar dinheiro, mas a empresa precisa ter um trader que controle as moedas que entram na conta.

Além desses, vários outros negócios são possíveis com as criptomoedas, mas uma dica importante para os investidores é que eles devem sempre prestar atenção no negócio e estudar bastante antes de fazer qualquer tipo de investimento. São mais de 15 mil tipos de criptomoedas em todo o mundo e seria impossível que todas elas funcionassem e dessem lucros incríveis.

Sempre é preciso estar atento aos sinais e, como em qualquer outro tipo de investimento, existem riscos. Muitas pessoas utilizam do sucesso das criptomoedas e da curiosidade das pessoas para vender cursos fraudulentos que prometem dinheiro rápido e que afirmam que é fácil e simples fazer investimentos.

As criptomoedas podem ser o futuro do mundo já que a negociação pode ser feita de maneira muito mais simples e, pelo que é visto, com estudo e segurança ainda é possível ganhar através das negociações utilizando as moedas digitais.

***
Photo by micheile dot com on Unsplash

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.