Trabalhar remotamente se tornou algo necessário para muitas empresas e vários empregados estão aproveitando bastante essa situação já que conseguem mais tempo em casa mas, talvez essa tranquilidade não seja tão grande para aqueles que gerenciam as equipes.

Os funcionários querem mais tempo livre para aproveitar e se divertir em plataformas como o betchan.com/pt, passar mais tempo com a sua família e até mesmo criar uma rotina mais agradável. Alguns gestores porém estão com dificuldade em manter a boa comunicação com seus colaboradores por não estarem preparados para essa mudança.

Como essa é uma nova forma de trabalho para muitas pessoas e empresas, o equilíbrio deve existir em ambas as partes mas, no caso dos gestores, como conseguir gerir os seus colaboradores e fazer com que eles tragam bons resultados ainda que trabalhando de home office?

Entender a nova realidade e criar novas formas de comunicação eficiente

Os gestores precisam ser honestos com eles mesmos não só no lado pessoal como todas as pessoas, mas no lado profissional, como um líder.

Apesar de seu cargo ser de liderança, o primeiro passo para gerenciar pessoas é entender o que está funcionando e o que não está funcionando. Durante a pandemia muitas empresas começaram a perder seus funcionários exatamente por fazer microgerenciamento e por trazer uma pressão desnecessária aos seus colaboradores.

Por estar trabalhando de home office, muitos gestores tendem a fazer reuniões de muitas horas para verificar o que foi feito por seus funcionários, o que atrapalha o rendimento e também atrasa a produção, além de trazer uma insatisfação pessoal aos colaboradores.

Muitos trabalhadores também começaram a ter que fazer hora-extra por causa da falta de gerenciamento. Então, é possível entender que o microgerenciamento não é o caminho, pois ele só traz problemas para os dois lados.

Como entender o que está errado

O gestor que está aberto entende o que está errado de várias formas mas, ter que fazer hora-extra ou ter que pedir a um funcionário para fazer hora-extra constantemente já é um indício de que algo não está bem no gerenciamento do tempo ou dos recursos.

Com isso, o gestor deve utilizar sua experiência e também a ajuda dos próprios funcionários e do seu superior para resolver os problemas encontrados ao longo do fluxo de cada projeto.

Formas eficientes de comunicação

Muitas vezes a comunicação pode ser o maior problema na relação do funcionário e do seu gestor. O home office mudou a forma em que eles devem se comunicar já que não existe mais a interação pessoal tão próxima. Por isso, uma comunicação direta e clara deve ser utilizada ao dar instruções.

Várias empresas também utilizam programas de gerenciamento de projetos e tarefas e eles devem ser utilizados ao máximo. Muitos inclusive possuem maneiras de abrir uma discussão dentro do próprio projeto, assim, tudo fica mais simples e direcionado.

Esses programas também possuem formas de adicionar datas de revisão e as datas finais dos projetos, ainda que eles sejam projetos curtos. Utilizar essas ferramentas pode ajudar bastante e fazer com que a comunicação fique melhor entre as duas partes.

O melhor é criar ambientes específicos para cada tarefa ou projeto e também um grupo geral, onde as pessoas possam compartilhar suas dúvidas e também interagir.

Ter um feedback e um momento 1-1 pode ajudar bastante, mas isso não deve ser algo feito toda semana, é preciso dar tempo para o funcionário se adaptar.

Trabalhar remoto pode ser difícil mas delegar também então é preciso ter ainda mais cuidado do que quando o trabalho era presencial. O microgerenciamento não é a melhor opção e pode trazer uma rotatividade desnecessária para a empresa.

***

Photo by Cherrydeck on Unsplash

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.