Tem circulado nas redes sociais nos últimos dias um vídeo em que um homem é visto discutindo aos berros com funcionários de uma loja do McDonald’s em Ribeirão Preto (SP) por não ter recebido catchup junto com o seu lanche. “Toda vez eu sou tapeado aqui, sempre acaba o catchup. Está pensando o quê?” (Video no final da matéria)

O cliente nas imagens é o comerciante Luiz Rodrigo Franco Zucoloto, e a cena ocorreu no sábado (26), na lanchonete que fica na Avenida Capitão Salomão, no Jardim Mosteiro, zona Leste de Ribeirão Preto.

O vídeo mostra o comerciante bastante alterado, discutindo também com outros clientes. Ele chega a deixar a loja levando o pacote com a compra, mas retorna, desta vez discutindo com um funcionário do estacionamento.

Muito irritado, ele vai até o balcão, xinga os atendentes para ter o dinheiro de volta e atira o pacote com os lanches. Um dos sanduíches chega a atingir um funcionário.

Em conversa com o G1, o Zucoloto se defendeu dizendo que as imagens que circulam nas redes sociais mostram o momento em que ele já tinha perdido a paciência porque teria sido mal atendido.

“Eu falei que já que não tinha o catchup, que eu queria que devolvesse o dinheiro. Aí o gerente falou pra mim que ele não era obrigado a fornecer catchup. Eu falei ‘como não? Qualquer lanchonete de esquina te dá catchup, maionese, tudo, e vocês que são uma potência não querem me dar catchup’?”, diz.

“Eu falei que já que não tinha o catchup, que eu queria que devolvesse o dinheiro. Aí o gerente falou pra mim que ele não era obrigado a fornecer catchup. Eu falei ‘como não? Qualquer lanchonete de esquina te dá catchup, maionese, tudo, e vocês que são uma potência não querem me dar catchup’?”, diz.

O comerciante diz ainda que, depois que as imagens viralizaram, está sofrendo ameaças.

“Eu perdi o controle porque houve um motivo que me levou a isso. Outra pessoa no meu lugar poderia ter aceitado a situação e ficado quieto, mas eu não aceitei. Joguei o lanche no chão, acertou no atendente e virou esse rolo todo.”

O Mcdonald’s também se pronunciou poor meio de uma nota, informando que a companhia tem o compromisso de promover um ambiente de respeito e que não tolera nenhum tipo de violência em seus restaurantes.

“Com base nessas premissas, a empresa tomou as medidas necessárias para mitigar a situação e preservar a integridade de seus funcionários.”

Veja as imagens do ocorrido:

***
Redação Conti Outra, com informações de G1.
Imagens: Reprodução/Redes sociais.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.