Cinco pilares emocionais para ser um “mestre do poker”

As habilidades emocionais requerem honestidade, já que você deve saber avaliar quais são seus pontos fortes e fracos, além de prática, tempo e paciência para o desenvolvimento delas com o objetivo de atuar profissionalmente. Por isso, decidimos eleger cinco pilares emocionais para ser o “mestre do poker”.

Nesta sugestão para jogadores, podemos definir o sucesso dos profissionais de Poker em três distintas vertentes (podendo também jogar em cassino em casa e online, como exemplo): habilidade, sorte e o equilíbrio emocional. Este último é, muitas vezes, negligenciado por alguns jogadores, podendo representar uma vantagem perante os adversários.

As habilidades emocionais requerem honestidade, já que você deve saber avaliar quais são seus pontos fortes e fracos, além de prática, tempo e paciência para o desenvolvimento delas com o objetivo de atuar profissionalmente. Por isso, decidimos eleger cinco pilares emocionais para ser o “mestre do poker”.

1 – Foco e Concentração

Um jogador de poker precisa ter alto nível de concentração e foco no que está fazendo para entender seus adversários e saber realizar as melhores jogadas. Por essa razão, este é o momento em que todos os problemas da vida pessoal devem permanecer “do lado de fora da mesa”, já que a mínima distração, até mesmo mental, pode resultar em uma derrota.

O mesmo vale para os jogadores online, sendo importante desligar o celular, a televisão e ter apenas a aba do jogo aberta em seu navegador.

2 – Persistência

A derrota faz parte da vida e nem sempre é possível ganhar todas as partidas, mas elas acabam servindo como lição para fazer diferente e melhorar em uma próxima oportunidade. Isso vale para todos os aspectos da vida, e com o poker não é diferente, sendo uma habilidade emocional imprescindível para ser bem-sucedido como jogador profissional. Já diria Winston Churchill: “O sucesso é ir de fracasso em fracasso sem perder o entusiasmo”

3 – Disciplina e comprometimento

Diretamente ligada ao ponto anterior, a disciplina também faz parte das habilidades emocionais para aqueles que se se propõem a entrar na modalidade.

Quem quer atuar profissionalmente precisará dedicar horas de sua vida estudando técnicas de jogo, seus adversários, lendo livros e praticamente “mergulhar” sua vida para conseguir se destacar de outros jogadores altamente qualificados. São nos detalhes, às vezes mínimos, que resultarão em uma vitória ou uma derrota.

4 – Equilíbrio emocional

Quem consegue dominar as emoções como tensão, adrenalina, ansiedade e insegurança tem uma larga vantagem perante outros jogadores, já que o inverso pode resultar em um erro de estratégia.

Para isso, é importante saber quais são seus pontos fortes e fracos nos aspectos emocionais e aprender a “lapidá-los” para que eles não te atrapalhem durante as partidas. Caso você seja ansioso, por exemplo, procure aulas de meditação ou alimentos que propiciam um alívio deste sentimento. Se você é inseguro, procure saber qual a origem deste problema.

5– Autoconfiança

Estar seguro de suas habilidades e de que você é uma pessoa capaz de jogar profissionalmente é importante para que você consiga ter um destaque na carreira.

No fim das contas, isto acaba sendo um resultado da união dos pontos anteriores, já que quanto mais se pratica, mais próximo estará da perfeição e também da autoconfiança. A ideia é sempre pensar positivo e cultivar um sentimento otimista, se mantendo motivado a “seguir em frente” e melhorar gradativamente para ser um “mestre do poker”.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.