O ator Robert Pattinson, que interpretará o próximo Batman e é conhecido por dar vida ao vampiro Edward, da Saga Crepúsculo, foi eleito o homem mais bonito do mundo pela ciência.

O veredito foi dado pelo jornal britânico Daily Mail, a partir do programa Golden Ratio of Beauty Phi (Proporção áurea de Phi da beleza, na tradução), que mede níveis de “perfeição física”.

Segundo o jornal, os olhos, sobrancelhas, nariz, lábios, queixo, mandíbula e formato facial do ator foram medidos e comparados com os de outras celebridades. Mas, o resultado de Pattinson foi surpreendente, sendo considerado 92,15% “preciso”.

Foto: Daily Mail

Os cálculos foram feitos por novas técnicas de mapeamento computadorizado do cirurgião plástico Julian De Silva, que utiliza a tecnologia em seu trabalho. A proporção de Pattinson foi seguida por Henry Cavill (91,64%), Bradley Cooper (91,08%), Brad Pitt (90,51%) e George Clooney (89,91%).

A medida da proporção é usada desde o Renascimento, quando artistas e arquitetos mediam a perfeição física supostamente adaptada da “proporção áurea” para mapear suas obras-primas.

Robert Pattinson (Foto: Getty Images)

Com o passar do tempo, os cientistas adaptaram a fórmula matemática para explicar o que torna uma pessoa bonita. O comprimento e a largura do rosto de alguém são medidos e os resultados são divididos. A premissa é que quanto mais próximas as proporções de um rosto ou corpo do número 1.618 (Phi), mais bonitas elas se tornam.

Sendo assim, atenção é dada à simetria e proporção da face. Para ser considerado “bonito” de acordo com a proporção áurea, o comprimento da orelha deve ser igual ao comprimento do nariz e a largura do olho deve ser igual à distância entre os olhos.

Sabemos que a beleza é relativa e que os padrões estão cada vez mais desconstruídos, mas, Robert Pattinson passou várias vezes na fila da simetria e ganhou reconhecimento como homem mais bonito determinado pela ciência.

 

Com informações de Adoro Cinema

 

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.