Cervos aproveitam a quarentena e dominam bairro na Inglaterra.

Agora, as pessoas de Harold Hill, que não podiam sair de casa, já não podem por mais um motivo: a infestação de veados. Aproveitando as ruas vazias, os cervos tomaram conta de tudo, e podem atacar aqueles que quiserem tirá-los de seu domínio.

Ana Carolina Conti Cenciani

Um grupo de cervos tomou conta de um bairro na zona leste de Londres. Com o confinamento obrigatório dos humanos, os animais não se sentiram ameaçados em passear pela cidade, agora eles se recusam a sair de lá. Acredita-se que os veados tenham saído do Parque Dagnam, que fica próximo ao bairro, e é separado por uma estrada.

Estima-se que esses cervos (ou ‘veados’) habitem a região há mais de 1.000 anos, mas raramente se aventuram pelos bairros da cidade, preferindo ambientes mais calmos e sem ameaças, como o Parque Dagnam. O que os moradores do bairro vizinho não esperavam, era que esses animais se sentissem a vontade para visitar a região urbana.

Agora, as pessoas de Harold Hill, que não podiam sair de casa, já não podem por mais um motivo: a infestação de veados. Aproveitando as ruas vazias, os cervos tomaram conta de tudo, e podem atacar aqueles que quiserem tirá-los de seu domínio.

Dean Zetter, de 50 anos, foi pego de surpresa quando viu 20 cervos sentados na grama. “Fiquei surpreso pois foi a primeira vez que eu vi esses animais. Mas agora já os vi duas vezes. Aparentemente eles são bem comuns”, disse o homem impressionado.

Logo os moradores da região cobrarão medidas do governo para a retirada dos animais, que representam perigo e os impedem de sair de casa para realizar as tarefas essenciais para sobreviver à quarentena.

Com informações de Ovelhas Voadoras

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Ana Carolina Conti Cenciani
Ana, 19 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui notícias que são boas de se ler.