Casos de Covid-19 disparam em Mangaratiba desde a megafesta de Neymar na cidade

Mesmo que não haja indícios que comprovem a relação da festa de Neymar com o aumento no número de casos de cornavírus na cidade, o evento se tornou um símbolo do descaso com as normas de segurança estipuladas pela OMS.

CONTI outra

Vinte dias do fim da megafesta de réveillon promovida pelo jogadir Neymar na cidade de Mangaratiba, litoral sul do Rio, disparou o número de casos confirmados de infectados pelo novo coronavírus na cidade. De 1736, subiu para 1916, um aumento de 10%.

Foi o maior crescimento da taxa de contaminados no local em um curto espaço de 20 dias desde março do ano passado, quando a pandemia foi declarada.

Mesmo que não haja indícios que comprovem a relação da festa de Neymar com o aumento no número de casos de cornavírus na cidade, o evento se tornou um símbolo do descaso com as normas de segurança estipuladas pela OMS.

A recomendação da prefeitura de Mangaratiba, reforçada nas festas de fim de ano, foi para que se evitassem aglomerações mesmo em ambientes privados, como no caso da megafesta de Neymar, no condomínio Aero Rural, um dos mais sofisticados da cidade onde ele possui uma mansão.

***
Redação Conti Outra, com informações de Terra.
Foto destacada: Reprosução/Redes Sociais.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.