Caso de infecção por ameba comedora de cérebro faz EUA emitir alerta

Autoridades de saúde dos Estados Unidos emitiram um alerta sobre uma infecção rara causada por uma ameba comedora de cérebro que pode causar óbito dentro de 10 dias.

REDAÇÃO CONTI outra

Segundo o Departamento de Saúde da Flórida, nos Estados Unidos, uma pessoa contraiu Naegleria fowleri, uma microscópica ameba unicelular que causa infecção no cérebro. O paciente vive no condado de Hillsborough.

O parasita costuma ser encontrado em água doce quente – lagos, rios e fontes termais, por exemplo, e no solo. A infecção geralmente acontece quando a água contaminada entra no corpo através do nariz. Uma vez que a ameba entra no nariz, ela viaja para o cérebro, onde causa uma doença meningoencefalite amebiana primária.

Fonte: Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA/Reprodução.
Fonte: CDC

Os sintomas da doença são: febre, náusea, vômito, rigidez na nuca e dores de cabeça. O tratamento pe feito com uma combinação de medicamentos, mas a maioria dos infectados falece em até uma semana. Estima-se que 97% dos infectados acaba indo a óbito.

Segundo reportagem da BBC Brasil, o alerta emitido pelas autoridades locais é para que os moradores do condado evitem o contato do nariz com água encanada e, se forem realizar atividades aquáticas em lagos e rios, usem acessórios que mantenham as narinas fechadas.

Infecções por Naegleria fowleri são raras nos EUA, segundo dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC). Entre 2008 e 2017, apenas 34 infecções do tipo foram registradas no país.

***

Redação CONTI outra. Com informações de BBC

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.