Segundo o Departamento de Saúde da Flórida, nos Estados Unidos, uma pessoa contraiu Naegleria fowleri, uma microscópica ameba unicelular que causa infecção no cérebro. O paciente vive no condado de Hillsborough.

O parasita costuma ser encontrado em água doce quente – lagos, rios e fontes termais, por exemplo, e no solo. A infecção geralmente acontece quando a água contaminada entra no corpo através do nariz. Uma vez que a ameba entra no nariz, ela viaja para o cérebro, onde causa uma doença meningoencefalite amebiana primária.

Fonte: Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA/Reprodução.
Fonte: CDC

Os sintomas da doença são: febre, náusea, vômito, rigidez na nuca e dores de cabeça. O tratamento pe feito com uma combinação de medicamentos, mas a maioria dos infectados falece em até uma semana. Estima-se que 97% dos infectados acaba indo a óbito.

Segundo reportagem da BBC Brasil, o alerta emitido pelas autoridades locais é para que os moradores do condado evitem o contato do nariz com água encanada e, se forem realizar atividades aquáticas em lagos e rios, usem acessórios que mantenham as narinas fechadas.

Infecções por Naegleria fowleri são raras nos EUA, segundo dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC). Entre 2008 e 2017, apenas 34 infecções do tipo foram registradas no país.

***

Redação CONTI outra. Com informações de BBC

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.