Um casal de sorte encontrou um tesouro de 260 moedas de ouro britânicas escondidas em um pequeno pote de metal sob o piso de sua casa.

Datando dos reinados de James I a George I, eles contêm £ 100.000 em ouro em dinheiro de hoje, mas como relíquias numismáticas do passado da Grã-Bretanha, os leiloeiros esperam que a coleção chegue a £ 250.000 (o equivalente a R$ 1499,11 na cotação de hoje).

O casal se mudou recentemente para uma propriedade do século 18 em Ellerby, North Yorkshire, na Inglaterra. Durante as reformas da cozinha do imóvel em 13 de julho de 2019, eles descobriram o tesouro.

Num primeiro momento, eles acreditaram se tratar das ruínas da fiação elétrica, mas depois perceberam que estavam enganados e imediatamente chamaram um leiloeiro de Londres para ajudar a avaliar as misteriosas moedas brilhantes. O leiloeiro Gregory Edmund disse que o tesouro notável é diferente de qualquer outro achado na arqueologia britânica.

Embora a descoberta seja o material dos sonhos, Edmund acrescentou que o conteúdo real não é especialmente ‘enlouquecedor’ – eles simplesmente refletem as moedas de £ 50 e £ 100 do dia-a-dia enterradas e misteriosamente nunca recuperadas por seu rico proprietário.

Como estipula a Lei do Tesouro de 1996, qualquer moeda de ouro ou prata cunhada 300 anos no passado torna-se propriedade do governo e é comprada do descobridor a um preço justo de mercado para colocação em um museu.

Todas, exceto uma das moedas, foram cunhadas há cerca de 292 anos, tornando-as não um tesouro e, portanto, passíveis de serem leiloadas.

***
Redação Conti Outra, com informações de Good News Networks.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.