Canguru abraça fortemente os voluntários que o salvaram na Austrália

A gratidão talvez seja o mais nobre dos sentimentos. Se até os animais podem senti-lo e praticá-lo, por que você não poderia? Seja grato sempre que puder!

REDAÇÃO CONTI outra

Dedicamos muito tempo pensando sobre o que nos falta e traçando metas e objetivos, mas muito raramente paramos para fazer algo tão simples quanto agradecer. Parece um gesto sem importância, mas não há nada mais reconfortante do que fazer um favor a alguém e sentir que essa pessoa é grata.

Não apenas os seres humanos são capazes de agradecer, existem animais que, embora não possam articular palavras para nos dizer o que sentem, são capazes de gestos que dizem mais que mil palavras, como um abraço.

Um ótimo exemplo disso é essa canguru de 13 anos que não para de abraçar seus socorristas.

O animal foi resgatado na Austrália e recebeu o nome de Abigail. Ela hoje é cheia de vida e não perde a oportunidade de abraçar todos os voluntários que a encontraram. A canguru reside agora em um santuário localizado em Alice Springs.

A Austrália estava superlotada de cangurus antes dos incêndios que atingiram as suas florestas. A venda da carne desse animal, portanto, é admitida e a exportação de produtos relacionados à espécie representa US $ 29 milhões por ano e cerca de 4.000 empregos no país da Oceania.

No entanto, os incêndios recentes destruíram a flora e a fauna do país e certamente o número desses espécimes foi reduzido de forma crítica. Isso significa que será necessário verificar novamente a quantidade de animais restantes, para evitar sua extinção. Felizmente, também há um bom número de voluntários dispostos a preservar a vida de cangurus e todos os tipos de espécies.

Vale ressaltar que os cangurus são animais muito apegados à família, portanto, perder um parente pode colocar em risco os cangurus. É por isso que é ainda mais aplaudido o trabalho deste refúgio, que não apenas lhes forneceu comida e os cuidados de que precisam, mas também muito amor e carinho.

O fundador do refúgio é Chris Brolga e sua motivação nasceu quando soube que o centro de saúde mais próximo do deserto ficava a 1500 km. Seu espaço possui 188 acres de terra e oferece passeios aos visitantes.

Esperamos que o bom trabalho continue e que mais vidas como a de Abby sejam salvas, especialmente nesses momentos de crise.

***

Redação CONTI outra. Com informações de Nation.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.