Canadá concede a seus trabalhadores essenciais o aumento salarial que eles ‘merecem’

"Se você está arriscando a sua saúde para manter este país em movimento e está ganhando salário mínimo, merece um aumento”, anunciou o primeiro-ministro canadense Justin Trudeau.

REDAÇÃO CONTI outra

O Canadá decidiu aumentar os salários de trabalhadores essenciais em todo o país, admitindo que muitos que agora arriscam sua saúde para trabalhar durante a pandemia estão, em alguns casos, recebendo o mínimo.

“Se você está arriscando sua saúde para manter este país em movimento e está ganhando um salário mínimo, merece um aumento”, anunciou o primeiro-ministro canadense Justin Trudeau nesta semana, cumprindo a promessa de aumentar os salários.

O governo de Trudeau estabeleceu um acordo com as províncias e territórios para gastar mais de US $ 3 bilhões e aumentar os salários dos trabalhadores essenciais que ganham menos de US $ 1.800 por mês (cerca de R$7.500, 00 atualmente).

“Acho que uma das coisas que estamos vendo nessa pandemia é que existem pessoas que são tremendamente vulneráveis tanto economicante quanto de outras maneiras em nossa sociedade, e que ao mesmo tempo são extremamente importantes para o funcionamento de nossa sociedade”, disse Trudeau.

Um dos maiores sindicatos de saúde do Canadá, representando cerca de 60.000 trabalhadores, parabenizou a iniciativa, mas alertou que os trabalhadores precisam ver dinheiro em seus bolsos em breve, sem que a burocracia atrapalhe.

“Os funcionários essenciais da linha de frente agora estão exaustos, estão apavorados, têm colegas em todos os setores vindo a óbito. É bom ouvir isso, mas eles estão exaustos com isso e querem ver essas palavras em ação agora”, disse Sharleen Stewart, presidente da SEIU Healthcare, em entrevista à CNN.

Stewart disse que três profissionais de saúde que eram membros do sindicato faleceram de Covid-19, e a falta de equipamentos de proteção individual tem sido um problema constante, assim como a garantia de ganhar um salário digno.

“Os funcionários essenciais que agora ajudam a salvar nossas vidas e cuidar de nossos entes queridos são muitos dos que recebem salário mínimo, os mais baixos pagos na sociedade. Eles têm um trabalho precário e nossas vidas dependem deles agora”, disse Stewart .

Ele disse ainda que, embora tenha sido gratificante ver trabalhadores essenciais marginalizados receberem o salário e o reconhecimento que merecem, políticos como Trudeau precisam garantir que ele não seja apenas um aumento salarial de emergência, mas um salário durável, estável e vivo.

“Isso não acontece há apenas nove semanas, essas pessoas sempre foram mal pagas… E a pandemia lançou um grande holofote sobre o problema”, disse Stewart.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.