Cadelinha que foi separada dos filhotes depois de amamentar adota gatinhos órfãos

Ela foi abandonada atrás de uma lixeira depois de ter seus filhotes arrancados de si. Mas ela ainda era uma mãe, então acolheu como sua própria cria três gatinhos órfão. São a família mais linda que já se viu!

REDAÇÃO CONTI outra

Stacee Jones, que já atuou no resgate de mais de 100 cães e gatos em situação de risco, pensou que já tinha visto tudo – até o dia em que o abrigo no qual ela é voluntária, o Jelly’s Place em San Pablo, Califórnia, fez o resgate de uma cadelinha que que tinha sido abandonada atrás de uma lixeira após amamentar seus filhotes. Sem a cria, era uma mãe cheia de leite e órfã de um amor que não pôde viver.

Stacee Jones

Pouco depois de acolher a cadelinha, a voluntária recebeu uma ligação pedindo ajuda para que ela cuidasse de três gatinhos que tinham acabado de perder a mãe. Os filhotes órfãos precisavam ser amamentados, além disso, precisavam do carinho que só uma mãe poderia lhes oferecer. Por outro lado, a cadelinha estava muito triste e precisava dar vazão a todo aquele amor dentro dela.

Stacee Jones

“Foi aí que eu disse: ‘Tenho um ideria!’”, disse Stacee ao The Dodo.

Com todo o cuidado possível, a voluntária aproximou-se da cadela com um dos filhotes e prendeu a respiração, pronta para recuar ao menor sinal de rejeição de rejeição. “Eu estava com muito medo de que ela rosnasse ou não aceitasse muito bem”.

Mas então um milagre aconteceu. “Ela tomou o primeiro gatinho pra si imediatamente. Ela o lambeu cheia de afeto”, disse Stecee.

Depois de se certificar de que a cachorrinha parecia confortável, Jones apresentou os outros dois gatinhos. “Ela deitou-se e aninhou-os em sua direção”, disse Jones. “Ela deixou eles amamentarem. Foi muito maternal. Ela soube imediatamente o que fazer.”

Stacee Jones

Enquanto Jones observa a cachorra amamentando os gatinhos, ela ficou maravilhada e não conseguiu conter as lágrimas. “Eu pessoalmente nunca vi algo assim. Tudo aconteceu tão rapidamente, como deveria ser.”

A nova família mudou-se para uma grande caixa juntos, e a cachorrinha, agora batizada como Keeper, cuidou dos filhotes por cinco semanas.

“Ela os acolheu desde o primeiro dia e os amou como se fosse sua própria cria”, disse Jones. “É tão emocionante! Os gatinhos precisavam dela e ela precisava deles. Os filhotes cresceram saudáveis justamente por causa dessa troca.”

Stacee Jones

Stacee está agora começando a desmamar os gatinhos e apresentá-los a comida. Ela se pergunta se Keeper percebe que os gatinhos não são exatamente seus bebês de verdade.
“São espécies diferentes e se amam como uma verdadeira família”, disse Jones. “É tão especial. Cães e gatos se amando como se não existissem diferenças entre eles. Eles só querem e dão amor incondicional.”

De todos os animais que Jones resgatou, Keeper e seus gatinhos foram os que mais aqueceram seu coração.

Stacee Jones

“Ainda não sei como expressar em palavras”, disse ela. “É uma coisa tão bonita. Eu tinha muita esperança de que isso acontecesse, mas também pensei: ‘Isso é loucura, isso não vai funcionar.’ Mas Keeper não se importou com a origem dos filhotes, apenas os amou como uma mãe faria.

Stacee Jones

Ah, a natureza! Tão maravilhosa e cheia de lições a nos ensinar…

***

Todas as imagens: Stacee Jones

Redação CONTI outra. Com informações de The Dodo e Curiosidades

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.