A cachorrinha Pitbull chamada Peggy vive com sua família na cidade de Coomera, Queensland, na Austrália, e mostrou a todos o verdadeiro significado de amor quando adotou uma ave Pega-rabuda, uma das espécies mais inteligentes do mundo.

A ave sofreu um acidente em Setembro do ano passado. A dona da cadelinha, Juliette Wallls, passeava com Peggy quando a peluda encontrou a ave ferida no chão. Assim, no mesmo instante, a mulher decidiu ajudar o pássaro.

Juliette e seu companheiro Reece contataram um especialista de vida selvagem para pedir orientação sobre os cuidados com a ave. Com todos os cuidados do casal, a ave se recuperou em apenas uma semana.

“Conhecemos um especialista em vida selvagem que nos disse como cuidar dela. Ela dormiu nas primeiras 24 horas, não achamos que ela conseguiria sobreviver”, contou Juliette.

Já a cachorrinha Peggy não saiu do lado da ave, que recebeu o nome de Molly. As duas criaram um laço caloroso durante a recuperação de Molly e por isso, a pequena não quis se distanciar de sua nova família.

@peggyandmolly##love ##interspeciesfamily ##cutenessoverloaded

♬ Love Someone (Piano Demo) – Lukas Graham

“Sempre deixamos todas as portas e janelas abertas e tentamos levá-la de volta à natureza, mas ela não tem interesse em nos deixar”, comentou a mulher.

Agora, essa duplinha encantadora compõe uma amizade mais do que verdadeira. Alguns dos momentos da amizade são compartilhados por Juliette em suas redes sociais.

Em uma delas, Molly e Peggy estão deitadas de mãos dadas numa sintonia incrível. Não da nem para acreditar que a peluda não gostava de aves antes do ocorrido!

@peggyandmollyBFF friends 💕💕💕 ##fy ##fyp ##foryoupage ##famous ##interspecieslove ##magpie ##staffy

♬ original sound – Unlikelyfriends

“Antes de lançar este vídeo para o mundo, assisti mais uma vez e sabia que seria popular. Os números começaram a aumentar, foi quando eu soube que isso era realmente especial”, contou a dona.

A ligação entre as duas é tão forte que Peggy começou a gerar leite, acreditando que Molly era sua filhote. E a ave, por sua vez, começou a bicar a cadelinha para beber.

Certamente, a tentativa foi falha, pois se tratam de duas espécies diferentes. Então a pit bull passou a usar uma roupinha para evitar que a ave a machucasse bicando, até que gravidez psicológica passasse.

“É loucura pensar que isso poderia acontecer, mas apenas mostra o vínculo incrível delas”.

Com informações de Adote um Cachorro

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.