Com apenas nove dias de vida, o potro Tye perdeu a mãe. Para qualquer ser vivo, perder a mãe é algo muito difícil. Felizmente, Tye não ficou sozinho no mundo, porque o cão Zip assumiu a missão de lhe oferecer conforto, cuidado e carinho todos os dias.

Zip, de cinco anos, não era tão amigável com outros cavalos, mas a chegada do potro mudou algo nele.

“Todo ano que criamos potros, Zip sempre fica parado na porta apenas olhando para eles.”, disse Karla Swindle, dona dos animais.

A mãe de Tye adoeceu e faleceu alguns dias após o parto. Zip sabia que o potro precisaria de apoio durante o momento difícil pelo qual estava passando, então ele e Karla passaram a ficar ao seu lado o tempo todo.

“Passei a noite no celeiro cuidando da mãe depois que ela deu à luz, esperando que ela melhorasse. Zip ficou no corredor e o potro estava lá. Ele ficou ao lado dele a noite toda”, diz Karla sobre a noite em que a égua faleceu.

No dia seguinte, Tye acordou com Zip, que o acompanhou noite e dia como se entendesse que o recém-nascido estava passando por uma situação difícil.

O vínculo entre eles nasceu naquele momento. Nas seis semanas seguintes, Zip não o deixou sozinho. Quando Tye saiu do estábulo, o cachorro foi o primeiro a cumprimentá-lo alegremente.

“Ele corria para o estábulo e parava para me esperar. Chegava antes de mim. Às vezes, quando Tye ainda estava na cama, Zip ia e se aninhava ao lado dele.”

Depois de meses, Tye cresceu como um cavalo completamente saudável. Agora ele passa a maior parte do tempo com a irmã mais velha. No entanto, Zip o visita sempre que pode; ele sabe que seu “filho adotivo” é um cavalo em crescimento e tem necessidades diferentes.

A história de Tye e Zip comprova algo que muitos já sabem: os animais são perfeitamente capazes de ter empatia e de se apoiarem em momentos difíceis.

***
Redação Conti Outra, com informações de Nation.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.