Essa história aconteceu em Águilas, na província de Múrcia, na Espanha. Uma família de banhistas entregou uma cadelinha à Polícia local e até então, ninguém sabia como ela havia se perdido no mar. Analisando melhor a situação, os policiais descobriram que a peluda tinha um microchip e verificaram que a ela tinha vindo da Dinamarca.

Foto: Reprodução/ Rádio Lorca

A cachorrinha foi transferida para um abrigo, onde os voluntários se esforçaram para encontrar seus tutores. Durante a busca, o centro de comunicações da Polícia recebeu um telefonema vindo da cidade de Cádiz. A pessoa que ligou tinha entrado em contato com uma amiga dos Estados Unidos, que lhe contou sobre um acidente preocupante.

O casal de tutores viajava de barco pelo Mediterrâneo com sua cadela Jolie com destino a Ibiza. Mas, uma tempestade inesperada fez com que a peluda caísse em alto mar e se perdesse. Sua família tentou de muitas formas localizá-la, mas não tiveram sucesso.

O estimado é que Jolie tenha nadado por dois dias, sozinha e em alto mar, até que chegou às costas aquilinas onde foi resgatada. Felizmente a família foi localizada e seus humanos foram até o porto mais próximo para começar a viagem do reencontro.

O reencontro entre os três foi registrado e emocionou muitos internautas. Assista!

Com informações de ANDA

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.