Cachorrinha adotada se torna heroína ao salvar menina de 3 anos em grave perigo

A cachorrinha Peanut já foi vítima da maldade humana, tendo vivido as piores situações a que um cão pode ser submetido; mesmo assim ela conseguiu ter empatia por uma criança indefesa que estava exposta a um grave perigo e agiu como se nunca tivesse conhecido a maldade. Peanut tem muito a nos ensinar, e é por isso que iremos contar a sua história.

REDAÇÃO CONTI outra

A cachorrinha Peanut já foi vítima da maldade humana, tendo vivido as piores situações a que um cão pode ser submetido; mesmo assim ela conseguiu ter empatia por uma criança indefesa que estava exposta a um grave perigo e agiu como se nunca tivesse conhecido a maldade. Peanut tem muito a nos ensinar, e é por isso que iremos contar a sua história.

Peanut vivia nas ruas até ser acolhida pelo abrigo Delta Animal Shelter. À ocasião, ela se encontrava em uma situação muito triste; tinha as duas patas e algumas costelas quebradas, além de uma barriga cheia de carpete, provavelmente ingerido depois de passar muita fome nas ruas. Os voluntários do abrigo lhe ofereceram então o tratamento e o carinho que ela merecia. Foi o primeiro momento de calmaria para a cachorrinha que até ali tinha lutado bravamente pela sobrevivência.


Sentenciando de vez o início de uma vida melhor para Peanut, ela logo foi adotada por um simpático casal, que a aceitou com todos os seus traumas e cicatrizes de uma vida sofrida.

Um ato de heroísmo

Em meados de 2017, os cuidadores de Peanut notaram que a cachorrinha estava agindo de forma estranha. Ela corria pela casa, latindo incessantemente, como se estivesse profundamente incomodada com alguma coisa. Sua tutora não fazia a menor ideia do que estava se passando.

Algum tempo se passou e Peanut continuava latindo, parecendo agoniada. Foi aí que correu para o seu tutor e continuou a latir, até que finalmente permitiu que ela saísse. Quando ele fez isso, aconteceu algo inesperado.

A cachorrinha rapidamente correu até o campo atrás de sua casa. Seus cuidadores logo a seguiram. Ela então os levou até uma vala, onde uma menina de três anos estava jogada, totalmente sem roupas.

O casal ficou chocado com a cena. Como uma criança tão pequena poderia estar exposta àquela situação? Eles imediatamente ligaram para a polícia. A menina tremia de frio, então o homem ofertou seu casaco para que ela se aquecesse.

Assim que a polícia e a ambulância chegaram pára socorrer a garotinha, ela só conseguia dizer uma coisa: “cachorrinho”.

Posteriormente, uma investigação revelou que a menina vivia em condições deploráveis e, desde então, ela foi colocada em um Serviço de Proteção à Criança.


Em carta endereçada ao abrigo que outrora acolhera Peanut no pior momento de sua vida, seus tutores escreveram: “Graças a Peanut, a vida de uma garotinha foi salva hoje. Ela tem sido uma bênção para nós e agora para os outros. As palavras não podem expressar quão agradecidos somos por termos ela em nossas vidas e quão incrível ela é. Ela agora faz parte da nossa família e, graças a pessoas maravilhosas como vocês no abrigo, ela está viva. Sem ela, ela não apenas teria saído deste mundo, mas a vida dessa menininha também poderia ter sido tirada.”.

Redação CONTI outra. Com informações de Portal do Animal

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.