Na cidade de Llandudno, no país de Gales, as pessoas estão ficando completamente isoladas em suas casas e há quase uma semana um rebanho de cabras vaga calmamente pela cidade.

Como o Reino Unido está atualmente em quarentena obrigatória para conter a disseminação do Covid-19, lugares como Llandudno -cidade costeira no norte do País de Gales- viram suas ruas completamente vazias. Assim, um rebanho de cabras notou a ausência humana e decidiu aproveitar: foram às ruas para se divertir.

O produtor de vídeos do Manchester Evening News, Andrew Stuart, que atualmente vive em Llandudno, conseguiu capturar várias imagens que são um barato! Andrew postou vídeos e imagens em sua conta do Twitter para compartilhar a cena cômica.

O primeiro registro surgiu em 26 de março, onde os animais são vistos correndo pelas ruas. Stuart escreveu que agora ele poderia prender o grupo de cabras, afinal vagar pelas ruas no Reino Unido é proibido neste momento. As cabras pareciam saborear um pequeno lanche em uma rua chamada Trinity Square. “Há cabras … em todo lugar”, continuou Andrew.


Stuart chamou a polícia local para relatar a situação, e uma patrulha chegou ao local para trazer ordem. Mas foi em vão. Em 28 de março, Stuart postou outro vídeo: as cabras haviam retornado e se “reunido em mais de 2 grupos”, disse ele em seu Twitter.


Em 30 de março, as cabras ainda estavam lá, andando pelas cercas e sendo donas do lugar. Stuart refletiu sobre por que as cabras dominavam a cidade dessa maneira, dizendo que elas geralmente vivem em uma montanha de calcário que fica próxima à cidade, conhecida como Great Orme.

“Geralmente elas só descem do Great Orme quando está ventando, e ficam apenas nas ruas secundárias no topo da Mostyn Street. Agora (…) elas vão mais longe do que nunca”, escreveu ele.

A situação não parou nem diminuiu. Hoje, na terça-feira 31, elas continuam lá e já estão controlando parte da cidade! Será que eles serão governados por cabras?

 

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







Ana, 20 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui matérias que são boas de se ler.