Cabo da marinha americana adota cachorra farejadora de explosivos que salvou sua vida no Afeganistão

“O que você fez por mim e meus colegas no Afeganistão, não podemos pagar, então, eu vou lhe dar um bom lar, onde ela possa receber abraços o dia todo, sem se preocupar em ir ao combate e detectar perigo.”, disse o cabo.

REDAÇÃO CONTI outra

O cabo Byung Kang conheceu sua melhor amiga em sua segunda missão no Afeganistão com o Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA. Naquela época, a Labradora Blue salvou a vida de seu pelotão por várias vezes.

Blue é especialista em farejar dispositivos explosivos improvisados – e roubar o coração das pessoas. É por isso que seu treinador não a deixou sozinha, mesmo depois do fim da missão.

Em sua primeira missão, Byung e seus companheiros correram o risco de serem pegos pelas muitas explosões. Então, em 2011, na segunda vez em que foi enviado ao Afeganistão, Byung se ofereceu para ser tratador de cães farejadores.

Blue provou ser perfeita para o trabalho ao detectar um explosivo em sua primeira missão juntos.

“Esse explosivo poderia ter derrubado nossos caras. Então, a partir daí, Blue começou a ganhar confiança e respeito do meu pelotão”, disse Byung à imprensa local. “Como sabíamos que Blue era eficaz, era quase impossível para um esquadrão ou pelotão sair sem ela”.

Byung estava muito agradecido pela ajuda de Blue, para dizer o mínimo. Por isso ele prometeu dar a ela a vida que ela merecia!

“Eu disse a ela: ‘O que você fez por mim e meus colegas aqui no Afeganistão, não podemos pagar’ ‘, disse ele. “‘Então, eu vou lhe dar um bom lar, onde você pode receber abraços o dia todo, sem se preocupar em ir ao combate e detectar perigo.'”

Os dois serviram em mais de 300 missões de juntos antes de se separarem. Blue foi transferida para outro lugar, mas Byung ainda estava determinada a cumprir sua promessa.

Wendy Kang, sua agora esposa e veterana da Marinha, sabia o quanto Blue significava para Byung e recorreu a alguns colegas fuzileiros navais para encontrá-la. Com a ajuda deles, eles finalmente encontraram Blue.

Em novembro de 2018, a cadela militar aposentada se juntou oficialmente à família Byung na Geórgia, onde vive sua melhor vida desde então!

Desde então, a Associação de Cães de Guerra dos Estados Unidos concedeu a Blue um prêmio por seu serviço. Ela também é semifinalista do American Humane Hero Dog Awards 2020 (uma premiação para cães heróis). Mas o mais importante, ela é a heroína de Byung.

“Esses cães que trabalham são privados de suas vidas por nós”, disse ele. “Portanto, devemos ser gratos a eles e respeitá-los e, acima de tudo, confiar no cão, porque os cães não mentem.”

Hoje, Blue passa a maior parte do tempo abraçando seus familiares queridos, que incluem dois irmãos humanos, cinco cães e dois gatos. Ela não poderia ser mais amada, e Byung não poderia estar mais feliz por ele finalmente cumprir sua promessa!

***

Todas as imagens Facebook

Redação CONTI outra. Com informações de Inspire More

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.