Burger King deixa de vender e orienta seus clientes a irem ao McDonald’s

Quando dois concorrentes resolvem trabalhar em conjunto para um bem maior.

Ana Carolina Conti Cenciani

Em uma ação o Burger King da Argentina decidiu que todas as suas lojas no país deixaram de vender o Whooper, lanche mais famoso da rede, durante um dia inteiro.

O que realmente chamou a atenção é que além de não vender os lanches o restaurante instruiu que seus clientes deveriam ir até seu concorrente, o McDonald’s e comprarem um Big Mac.

Tudo foi planejado por uma boa causa. Todos já conhecem o McDia Feliz. O dia especial em que o McDonald’s doa todo o lucro advindo das compras de seus famosos Big Macs para institutos que cuidam de crianças com câncer infantil.

A campanha do Burguer King que recebeu o nome de “Un Día Sin Whooper”, foi criada especialmente para o McDia Feliz, estimulando mais pessoas a consumirem no McDonalds e consequentemente gerar lucro prara os institutos do McDia Feliz.

O McDia Feliz tem se mostrado uma ação de sucesso ao longo do tempo. Segundo comunicado oficial da empresa, em 30 anos já foi possível arrecadar mais de 280 milhões de reais para as instituições que fazem parte da campanha. Todas as ações relacionadas a este trabalho funcionam pelo Instituto Ronald McDonald, que leva o nome do personagem/mascote da marca.

Essa não é a primeira vez que o Burger King faz uma ação especial a fim de ajudar o McDonald’s durante o McDia Feliz. E para aqueles que acham que a ação foi um tiro no pé, na verdade a campanha alcançou quase 206 milhões de pessoas de maneira totalmente orgânica.

 

Com informações de Consumidor Moderno e Publicitários Criativos

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS