O ator Brendan Fraser, de 54 anos, diz ter passado tanta fome para entrar em forma para protagonizar o filme ‘George, o Rei da Floresta’, que começou a sofrer com problemas de memória. ‘Meu cérebro estava falhando’, contou em uma conversa com o colega Adam Sandler.

Na comédia, que chegou aos cinemas em 1997, Fraser aparecia a maior parte do tempo vestido apenas com uma tanga, já que seu personagem havia sido criado desde a infância por gorilas na selva de Uganda.

Com o objetivo de conquistar o corpo para o papel, Fraser ‘passou fome’, tanto que não conseguia se lembrar a senha do banco para tirar dinheiro ‘porque meu cérebro estava falhando’, contou ele à Variety.

O ator explicou por que sua forma física era tão importante para o filme, dizendo: ‘O figurino [para o filme] era não ter um figurino’. Ciente de que estaria vestido apenas com uma tanga, Brendan se viu ‘depilado’ e ‘faminto de carboidratos’.

O astro contou que, no pior momento da dieta, saiu das filmagens do longa e parou para comprar algo para comer. Ao ver que estava sem dinheiro, parou em um caixa eletrônico para sacar alguns dólares, mas não conseguiu porque esqueceu completamente a senha do banco e nada o fazia recobrar os números. “Não comi naquela noite”, lamentou.

O filme ‘George, o Rei da Floresta’ tinha no elenco, além de Brandon Fraser, os atores Holland Taylor e John Cleese, e a co-protagonista Leslie Mann. O filme fez um grande sucesso, arrecadando mais de US$ 170 milhões de bilheteria globalmente contra um orçamento de US$ 55 milhões.

***
Redação Conti Outra, com informações Revista Monet.
Fotos: Getty e divulgação.







LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES



As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.