Brasileira desenvolve aplicativo que auxilia na alfabetização de crianças com autismo

Jogo trabalha a formação de palavras enquanto estimula a empatia

REDAÇÃO CONTI outra

Foi pensando em auxiliar na alfabetização de crianças diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) que a brasileira Ana Sarrizo criou um aplicativo, batizado de Brainy Mouse – ou “Rato Esperto”, em uma tradução livre – , que trabalha a alfabetização dessas crianças de forma lúdica, divertida e em concordância com as necessidades do seu desenvolvimento.

O aplicativo, criado em uma pesquisa que durou quatro anos na Babson College, nos Estados Unidos, está disponível para dispositivos com sistemas Android ou iOS. No jogo, a criança tem que ajudar um ratinho a formar palavras como se fosse uma receita, em que os ingredientes são as sílabas. Enquanto fazem isso, também devem escapar dos cozinheiro.

Além de ensinar a ler e a escrever, o Brainy Mouse ainda estimula a empatia, pois insere as noções de empatia e colaboração, já que o ratinho e a criança que joga são aliados. No final de cada fase, o jogador ganha de uma a três estrelas, de acordo com seu desempenho. Quanto mais estrelas, mais acessórios para escapar dos cozinheiros eles podem comprar.

O Transtorno do Espectro Autista é um transtorno de desenvolvimento que geralmente aparece nos três primeiros anos de vida de uma criança e compromete as habilidades de comunicação e interação social. Ele é dividido em três tipos: Síndrome de Asperger, Transtorno Autista ou Autismo Clássico e Transtornos invasivos do desenvolvimento, que podem ter três níveis. As causas do autismo ainda são desconhecidas, mas a pesquisa na área é cada vez mais intensa.

***

Redação CONTI outra. Com informações de Terra

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.