Em recente entrevista ao podcast “Morning Meeting”, o jornalista norte-americano Anderson Cooper, que atua como âncora na CNN, revelou que não tem intenção de deixar herança para o seu filho Wyatt Morgan, de um ano. Segundo ele, o garoto não poderá contar com a riqueza do pai.

“Não acredito em passar adiante quantidades enormes de dinheiro”, disse.

Anderson Cooper, jornalista e apresentador da CNN, em foto com o filho Wyatt Morgan — Foto: Reprodução/Instagram

“Não pretendo ter algum tipo de ‘pote de ouro’ para o meu filho”, continuou Cooper. Ele apoiará o pequeno, porém, oferecendo recursos e educação. “Eu vou fazer como os meus pais diziam: ‘Pagarei a faculdade e você se vira'”.

A fortuna de Anderson Cooper é avaliada em US$ 200 milhões, o equivalente a mais de R$ 1 bilhão.

O apresentador é filho da socialite e modelo Gloria Vanderbilt, que faleceu em 2019, aos 95 anos, e já havia dito em 2014 que achava que herança era uma “maldição”.

Gloria nasceu em uma das famílias mais ricas dos Estados Unidos, de acordo com a Revista “Insider”, pois era bisneta do Comodoro Cornelius Vanderbilt, que fez fortuna construindo um império ferroviário.

Depois ela construiu um império da moda que faturava US$ 100 milhões por ano, segundo a revista “Forbes”.

Anderson Cooper, jornalista e apresentador da CNN, em foto com o filho Wyatt Morgan — Foto: Reprodução/Instagram

Wyatt Morgan nasceu de uma barriga de aluguel no ano passado e é o único filho único de Cooper, que o teve com seu ex-namorado Benjamin Maisani.

***
Redação Conti Outra, com informações de UOL TV e Famosos e G1.
Foto destacada: Instagram/@andersoncooper.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.