Beyoncé e Jay-Z pagam fiança milionároia de manifestantes presos em protestos nos EUA

Em Baltimore, onde aconteceram protestos raciais depois que George Floyd teve a vida interrompida por forças policiais, manifestantes foram detidos sob fiança de 500 mil dólares ( o equivalente a quase dois milhões e quinhentos mil reais em números de hoje). Muitos deles foram soltos graças à boa ação de Beyoncé e Jay-Z.

REDAÇÃO CONTI outra

Beyoncé e Jay-Z, que formam o casal mais famoso do cenário da música internacional, são também conhecidos ativistas do movimento negro, o que se manifesta em suas músicas, discursos e ações que visam empoderar pessoas negras em um país marcado pela violência racial.

Por tudo isso, não causa espanto a notícia de que o rapper e cantora pop tenham dedicado parte de sua fortuna bilionária para pagar a fiança de vários manifestantes que foram detidos em protestos raciais ocorridos nas cidades americanas de Ferguson e, mais recentemente, Baltimore.

A notícia foi divulgada no Twitter por Dream Hampton, que é escritora e ativista, autora do livro “Decoded” (Decodificado), biografia de Jay-Z publicada em 2010. A escritora revelou que o casal teria desembolsado “dezenas de milhares de dólares” para pagar as fianças dos manifestantes que não teriam condições de fazê-lo.

Para se ter uma ideia, em Baltimore, os presos foram mantidos na cadeia com fianças de 500 mil dólares ( o equivalente a quase dois milhões e quinhentos mil reais em números de hoje).

A ativista logo apagou seu post no Twitter, mas já era tarde, a informação já tinha se propagado por todos os lados, tendo inclusive sido reproduzida pela revista Complex, que é especializada em hip-hop. Consultada pelo jornal britânico The Guardian, Dream não quis informar quantas pessoas foram soltas através da doação de Jay-Z e Beyoncé.

***

Redação CONTI outra. Com informações de Catraca Livre

 

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.