Recentemente, a imagem de um bebê ‘tatuado” virali=zou nas redes sociais e deixou muita gente indignada. Asiim que percebeu que o registro deu início a uma grande polêmica na internet, a mãe, a americana Shemeka Morris, revelou que os desenhos são falsos e que a ideia surgiu para comemorar o ‘mêsversário’ de seis meses do filho. Segundo a Revista Crescer, Shemeka se disse surpresa com a repercussão do post.

“Pensei que era apenas uma mãe sendo criativa e pensando fora da caixa”, comentou.

De acordo com a mãe, alguns seguidores chegaram a fazer ameaças de chamar a polícia e classificaram o fato como “abuso” e “negligência“, acreditando que as tatuagens temporárias feitas no bebê eram reais.

Shemeka Morris se justificou afirmando que o pediatra do filho teria liberado o uso da tinta temporária. Ela disse, ainda, que pelo fato de ter um irmão proprietário de um estúdio de tatuagem, achou uma boa ideia realizar um ensaio sobre o tema. “Estou completamente confortável na minha pele e meu filho será criado da mesma forma”, disse ela, que tem o corpo coberto por tatuagens.

***
Redação Conti Outra, com informações de ND+.
Fotos: Reprodução/Redes Sociais.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.