Um bebê rinoceronte chamado Kiev, em homenagem aos defensores ucranianos, nasceu em um zoológico tcheco exatamente uma semana depois que a Rússia começou a invasão do país.

Pertencente à subespécie do rinoceronte negro oriental, o nascimento de Kiev é outro sucesso para um dos poucos zoológicos do mundo com um programa de reprodução bem-sucedido para esses rinocerontes raros.

Kiev é o 47º rinoceronte desta subespécie criticamente ameaçada de extinção a nascer no zoológico de Dvur Kralove desde 1971, e o primeiro nascido em cerca de quatro anos.

A mãe do jovem rinoceronte, Eva, vem cuidando muito bem dele e está muito tranquila, até permitindo que um pouco de seu leite seja levado para a alimentação de outros filhotes, conforme atualização do próprio zoológico.

Sem chifre, o pequeno, no entanto, está crescendo rapidamente – geralmente 0,99 kg por dia.

Kiev é um dos quatro bebês rinocerontes desta espécie nascidos até agora este ano.

Os animais do zoológico foram, ao longo dos anos, transferidos para outros zoológicos para ajudar na diversidade genética de outros programas de reprodução, e nove de seus rinocerontes foram reintroduzidos nas selvas de Ruanda e Tanzânia, e desde então se reproduziram lá.

A última atualização da Lista Vermelha da IUCN descobriu que o número de rinocerontes está aumentando mais rápido do que diminuindo.

Além disso, a população permanece praticamente intacta, com animais capazes de se alcançarem facilmente, e há uma porcentagem normal de animais maduros saudáveis ​​entre eles.

***
Redação Conti Outra, com informações de Good News Network.
Fotos: Dominika Stempa; Safari Park Dvůr Králove/ Facebook.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.