A história de Wang e seu amado cachorro de estimação, o Renault, envolve uma espantosa coincidência. O cão da raça samoieda entrou em sua vida há mais de uma década,e acabou se tornando um grande companheiro de vida.

O cão acompanhava Wang a todos os lugares, e por isso ele ocupou uma parte importante de sua vida. Devido a essa conexão especial, Wang não pôde evitar sentir uma tristeza profunda quando ele partiu.

Entre os aspectos da Renault que o faziam se destacar entre os outros cães estava sua chamativa marca de nascença na perna esquerda, uma longa mancha que lembrava uma pulseira.

Apenas alguns meses depois da partida de Renault, ela engravidou do marido. Mas a maior surpresa ainda estava por vir. Quando seu bebê nasceu, ela percebeu que o garotinho tinha uma característica que ela só vira uma vez: ele tinha vindo ao mundo exatamente com a mesma marca de nascença do seu amado cãozinho.

Wang não pôde acreditar. Para ela, só havia uma explicação plausível: o espírito de Renaut nunca a abandonou de fato. Ele ainda encontrava maneiras de mostrar a ela que estaria ao seu lado por toda a vida.

Agora, a cada minuto que passa com o filho, Wang se lembra dos bons momentos que viveu com Renault.

***
Redação Conti Outra, com informações de Itupeva Agora.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.