Bebê com lábio leporino e seu pai são abandonados pela mãe. Ela não queria “problemas”.

O pai hoje luta sozinho para criar o filho da melhor maneira possível e pede ajuda para custear a cirurgia do filho. Mesmo na dificuldade, não deixam de ser uma familia completa.

CONTI outra

Assim como há excelentes pais e mães, também há aqueles que simplesmente não honram com o compromisso que assumiram assim que puseram mais um ser-humano no mundo. Cada pai ou mãe que abandona um filho tem seus motivos para fazer isso, mas no final das contas os mais prejudicados são os pequenos.

Foi o que aconteceu com esse bebê com lábio leporino. Ele e seu pai foram abandonados pela mãe, que resolveu ir embora e se isentar de prestar assitência à família. Pai e filho hoje vivem em Cusco, no Peru.

Froylán Huamán é o nome do jovem pai que hoje pede ajuda para cuidar de seu filho. Infelizmente agora ele tem que enfrentar a vida sozinho com seu bebezinho, desde que a mãe foi embora.

Pai e filho moravam em Quillabamba – La Convencion (Peru), e foram para Cusco em busca de um futuro melhor, além de um tratamento para o filho, que sofre de flábio leporino.

O bebê, que hoje tem 4 meses, foi abandonado pela mãe quando tinha apenas um mês de vida.

“A mãe dele nos deixou quando ele tinha um mês. Ficaria muito grato às pessoas de bom coração se me ajudassem com fraldas ou leite.”, disse Froylán para o RPP Noticias.

O jovem pai costuma trabalhar como operário de construção, mas agora está desempregado e também não pode deixar o filho sozinho.

Ele não tem recursos para comprar leite, fraldas, muito menos pagar pela operação. A perspectiva é complicada.
Apesar de tudo, ele está esperançoso. Confia que eles serão capazes de se levantar e avançar juntos.

A história de pai e filho comoveu muita gente, e uma campanha solidária foi criada para arrecadar fundos para pagara a operação do pequeno e para ajudar pai e filho a se manterem. Estamos torcendo por eles!

***
Redação Conti Outra, com informações de UPSOCL.
Foto destacada: Arquivo Pessoal.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.