Embora muitos acreditem que a fama é a melhor coisa do mundo, não é bem assim. Embora tenha certos benefícios, a fama traz muitos problemas de privacidade e os artistas passam a vida sofrendo por conta disso. Imagine não poder ir a lugar algum sem que alguém o reconheça!

Instagram @milliebobbybrown

Millie Bobby Brown sabe disso muito bem. A garota ganhou fama ainda muito jovem depois de estrelar a série “Stranger Things” do Netflix e imediatamente conquistou o amor de seus seguidores.

Mesmo estando feliz com todo o seu reconhecimento, é difícil para uma garota de 16 anos que está conhecendo o mundo agora, estabelecer os limites entre a fama e a vida privada, não deve ser fácil lidar com o quão opressor é ser uma pessoa conhecida. E é totalmente compreensível!

Instagram @milliebobbybrown

Mas os fãs definitivamente não parecem levar em conta que às vezes eles exageram e seu amor por seus ídolos se transforma em algo doentio, podendo se tornar até mesmo um assédio, assim como aconteceu com Millie, que acabou chorando depois que uma garota insistiu em gravar um vídeo seu sem sua permissão.

Segundo a própria atriz, ela estava fazendo compras de Natal com a mãe, quando uma menina perguntou se ela poderia gravar. Ela ficou chateada e disse que não, mas quando estava saindo da loja, a fã apareceu novamente e começou a gravá-la sem sua permissão.

“Ela começou a me gravar novamente. E eu disse: ‘Sou um ser humano. O que mais posso pedir de você?’ Ela disse: ‘Então eu não posso gravar um vídeo de um ser humano?’ E eu disse: ‘Não, não quando eu disse não'”, conta Millie enquanto chorava no carro.

Então ela enxugou as lágrimas e continuou dizendo: “Me incomoda que as pessoas tentem ultrapassar os limites, gostaria que as pessoas fossem mais respeitosas. (…) Vou tirar uma foto com você, mas quando você ultrapassar o limite e tentar discutir comigo… onde estão meus direitos de dizer não?” ela perguntou. “Você tem que mostrar mais respeito pelos outros, não importa quem sejam, o que façam. São apenas modos”.

E por fim resumiu em que nem é preciso justificar para não querer uma foto ou um vídeo, o simples fato de não querer já basta.

Por fim, ela mais tarde voltou ao Instagram para tranquilizar seus fãs. “Estou totalmente bem agora. Mas eu estava nervosa na hora porque me sentia desconfortável e desrespeitada. É importante que você defina seus limites e se manifeste. Eu amo vocês, caras. Sejam legais com os outros”, finalizou.

Instagram @milliebobbybrown

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.