As palavras têm força! Use-as a seu favor!

Já parou para pensar em quantas vezes você enfraqueceu um plano, projeto ou desejo, apenas com comentários desanimados ou negativos?

Já parou para pensar em quantas vezes você enfraqueceu um plano, projeto ou desejo, apenas com comentários desanimados ou negativos?

Pois eu sugiro que você faça uma retrospectiva e observe bem!

Pode estar certa de que aqueles seus sonhos que viraram realidade, acabaram se realizando porque você acreditou neles!

Há palavras que devemos evitar a todo custo, porque elas criam bloqueios em nossas vidas!

1 – Pare de dizer “Estou tão cansada!” Repare quantas vezes você já não passou dias murmurando essa frase para si mesma. Viu só! Sabe o que acontece quando você fica remoendo frases desse tipo? O cansaço toma conta de você e a energia não acha meios de te encontrar.

2- Troque o “Eu queria tanto…” por “Eu quero mesmo!”. Quando você diz que “queria” o universo entende que você não quer mais. Então diga com toda a sua fé e alegria: “Eu quero mesmo viajar para Europa!”; “Eu quero mesmo essa vaga de emprego!”; “Eu quero mesmo um grande amor!”. Afirme com certeza e clareza tudo aquilo que você quer… E verá que o mundo à sua volta se modificará para trazer seus desejos até você! Ahhhhh… e não se esqueça de fazer a sua parte, certo?

3 – Quando alguém fizer um elogio à sua roupa, ao seu cabelo, à sua beleza… Aceite! Aceite e agradeça! Pare com essa mania de se depreciar com frases do tipo: “Imagine! Essa blusa é tão velhinha!”, ou “Sério! Meu cabelo está tão ressecado!”, ou ainda, “Eu bonita? Imagine! Você que é!”.

Pare de se boicotar, menina! Antes de mais nada a gente é que tem que ser a nossa maior torcida!

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Ana Macarini
"Ana Macarini é Psicopedagoga e Mestre em Disfunções de Leitura e Escrita. Acredita que todas as palavras têm vida e, exatamente por isso, possuem a capacidade mágica de serem ressignificadas a partir dos olhos de quem as lê!"