Hannah Bullen-Ryner é uma grande artista que desenvolveu uma forma fascinante de se reconectar com a Mãe Natureza, criando retratos de vários pássaros usando apenas os elementos encontrados nela, principalmente com folhas, frutos, flores e ramos que se destacam perfeitamente com fundos de chão da floresta.

Apesar de as suas criações durarem pouco tempo, aquele momento fugaz consegue ficar imortalizado com fotografias que partilha para mostrar o seu amor e gratidão à Mãe Natureza. Já a inspiração para suas criações foi encontrada por uma forte crise de ansiedade que ela experimentou em sua vida quando sofreu de depressão pós-parto quando teve seus gêmeos.

Em uma entrevista ao Bored Panda ele mencionou “Um dia quando as meninas tinham entre 16 e 17 meses, eu fui sentar em uma pequena floresta e encontrar um pouco de calma por uma hora” E naquele momento ele criou o seu primeiro trabalho com pequenas folhas que encontrou ao seu redor. “Quando me sentei com a peça acabada, um pequeno veado Muntjac entrou na clareira onde eu estava e, quando nos olhamos nos olhos, em vez de fugir, ele ficou feliz comigo na minha presença por cerca de 20 minutos. Então, quando pensei nisso, senti como se tivesse aberto um portal na floresta naquele dia, um que abriria a conversa entre a Mãe Terra e eu. ”

À medida que começou a criar essas obras representando pássaros, passou a valorizar mais os elementos naturais “Comecei a ver realmente todos os pequenos detalhes e a singularidade de cada planta, árvore ou arbusto. As pequenas flores silvestres, a maravilhosa variedade de frutas silvestres e as cores e texturas em constante mudança. ”

Essa se tornou sua maneira criativa de ter um momento para si mesma, encontrando sua paz interior e mantendo uma conexão incrível com a natureza, ajudando-a com sua saúde mental. Já que para Bullen-Ryner “a arte é catártica, uma forma de abrir mão de tudo, uma forma de expressar o que não pode ser dito”

Sua arte inspirou muitas pessoas a se conectar com a natureza, com uma abordagem de respeito, amor e proteção à Mãe Terra, o que se reflete em cada um de seus belos retratos de pássaros.

***
Redação Conti Outra, com informações de Nation.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.