Inspirado pela natureza e pelos animais e “movido por emoções e curiosidade”, o artista italiano Roberto Rizzo, que agora mora no sul da Espanha, pinta retratos de animais extremamente detalhados em uma superfície incomum: pedras.

Rizzo assume o desafio de criar pinturas acrílicas de animais que se curvem em torno das formas naturais da rocha, tornando cada pintura uma obra de arte única. Ele também desenha retratos realistas de animais de estimação para pais de pet de todo o mundo que desejam homenagear seus filhos peludos de uma maneira única.

RobertoRizzoArt

Roberto Rizzo pinta em rochas desde 1996. Desde pequenas pedras que podem caber na palma da sua mão ou perto de réplicas em tamanho real de um animal, este artista é capaz de transformar qualquer rocha ou pedra sem vida em uma incrível pintura hiper-realista que pode ser facilmente confundida com uma fotografia.

RobertoRizzoArt

Em entrevista ao Bored Panda, Rizzo explica um pouco mais sobre seus processos artísticos e sua carreira. “Sempre adorei as muitas formas e objetos que a Mãe Natureza nos dá. A variedade da vida representa a minha principal fonte de inspiração enquanto pinto (…). O reino animal me fascinou especialmente desde que eu era apenas uma criança. Acredito firmemente que os artistas, em sua jornada expressiva e emocional, estão fadados a voltar aos seus sentimentos e paixões infantis, porque a arte tem que ser antes de tudo prazer e diversão”.

RobertoRizzoArt

Ele continuou explicando um pouco mais sobre suas pinturas nesse material tão curioso. “Pintar pedras dá-me a oportunidade de misturar o antigo e o novo (não é por acaso que esta técnica fascinante nasceu em tempos muito antigos!). Hoje em dia posso tratar as pedras com novas tintas muito versáteis que garantem uma grande resistência ao longo dos anos. (…) Todas as minhas obras de arte são únicas e as pedras que uso não são processadas. Sempre honrei cada buraco ou imperfeição que a natureza realizou ao longo das décadas”

RobertoRizzoArt

A escolha das pedras também é uma das partes mais importantes para o resultado final e o artista afirma ser fundamental. “A escolha do formato das rochas é fundamental. Passo muito tempo caminhando nas praias e rios para encontrar inspiração e escolher as pedras certas.”

RobertoRizzoArt

“Algumas das minhas obras são absolutamente irrepetíveis. Peças únicas que nunca poderei pintar uma segunda vez. Dedico toda a minha atenção e habilidade a elas. Essas peças únicas são como filhos, pequenos pedaços da minha alma. Minha maior satisfação é saber que continuarão a espalhar sua energia nas casas de colecionadores e amantes da arte.”

RobertoRizzoArt

Quando questionado sobre qual é sua obra de arte favorita até hoje, ele disse: “Nos últimos anos, eu pintei em pedra realmente tudo: presépios, celebridades, paisagens, arranjos de flores, vislumbres de pequenas cidades, iceberg com pinguins, retratos de pessoas e muito, muito mais. Animais são de longe meus temas favoritos, porque pintá-los literalmente me ajuda a dar vida à matéria mineral inanimada.”.

RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt

 

RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt

 

RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt
RobertoRizzoArt

Por último, Rizzo deu alguns conselhos valiosos para qualquer futuro artista com base em suas experiências pessoais:

“Sempre use a imaginação e trabalhe duro todos os dias, porque a arte precisa ser treinada. Um profissional não precisa esperar pela inspiração; são lendas que nada têm a ver com o dia a dia de um criativo. (…) Muitas vezes, por trás de uma pintura, são dias e noites de estudos e tentativas.”

 

Com informações de Bored Panda

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







Ana, 20 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui matérias que são boas de se ler.