Artista faz sucesso nas redes sociais com suas ilustrações que dão vida às nuvens. Muito criativo!

O resultado de sua publicação foi o mais incrível: as pessoas se sentiram inspiradas e, por ser uma arte simples, fizeram suas próprias versões das nuvens que viam no céu. São desenhos e formas infinitos!

Ana Carolina Conti Cenciani

Sem dúvida, alguma vez na vida você já brincou de observar as nuvens. Quando somos crianças, essa é uma brincadeira clássica que super estimula a criatividade. São desenhos e formas infinitos!

Com uma energia nostálgica, o ilustrador de livros infantis Chris Judge nos levou de volta à infância, publicando algumas de suas mais recentes criações ilustrativas nas nuvens. Em seu Twitter, ele postou diversas obras, as quais são resumidas em fotografias de nuvens com seus próprios rabiscos, como se quisesse preencher as lacunas de nossa imaginação.

O resultado de sua publicação foi o mais incrível: as pessoas se sentiram inspiradas e, por ser uma arte simples, fizeram suas próprias versões das nuvens que viam no céu.

Em entrevista ao Bored Panda, o ilustrador contou um pouco sobre seu processo de criação: “Eu desenho em fotografias desde que me lembro. Acho que é uma maneira divertida e rápida de relaxar antes de começar a desenhar para o dia. Normalmente, destruo todas as revistas do Sunday Paper desenhando sobre elas, em vez de lê-las. Venho desenhando frutas e legumes há anos, transformando-os em personagens e, quando comecei a usar o Procreate, descobri que podia acrescentar rostos e membros muito rapidamente”, explicou Chris.

Ele continuou: “Temos nuvens incríveis aqui na Irlanda porque o clima é imprevisível e eu continuava vendo formas distintas, o que era uma progressão natural (em minha mente!) das frutas e vegetais. Eu queria tentar capturar personagens claros com o mínimo de traços possíveis”.

Chris Judge é um ilustrador, artista e autor de livros infantis nascido em Dublin, na Irlanda. Seu trabalho é uma mistura de ilustração, pintura e design e já apareceu em livros, publicidade, jornais, revistas, exposições e interiores. Grande parte de seu Instagram é ele colocando rostos, braços e outros complementos corporais em vários alimentos, flores e outros objetos, incluindo as famosas nuvens!

“Eu via rostos em objetos inanimados desde criança. Descobri recentemente que é oficialmente chamado de Pareidolia . Eu luto com assuntos acadêmicos e acho que meu cérebro sempre foi mais visual na maneira como vejo o mundo. Desenhar fotos parece uma maneira interessante de dar vida ao que vejo”, contou o artista.

O ilustrador conta que ficou surpreso com a repercussão de sua arte no Twitter. “Depois percebi que muitas pessoas veem o mundo de uma maneira semelhante, o que foi reconfortante. Fiquei emocionado ao ver pessoas criando suas próprias ilustrações na nuvem e publicando-as na minha linha do tempo. Muitos pais ficaram empolgados em experimentar com os filhos como um projeto que me traz muita alegria”, disse Chris.

A repercussão dos rabiscos nas nuvens estimularam Chris a continuar criando: “Estou esperando pelo tipo certo de nuvens e clima. Eu tenho um tipo muito específico de iluminação que acho que funciona muito bem e os traz à vida. Desde que os publiquei, um dos meus autores favoritos entrou em contato comigo e agora estamos trabalhando em um livro vagamente baseado nas ilustrações das quais estou incrivelmente empolgado”.

Uma maneira muito legal de estimular a criatividade durante os momentos de isolamento, além de ser super acessível! Confira agora algumas artes compartilhadas pelos internautas, inspiradas na arte de Chris.


 

Para saber mais sobre o artista, confira seu Instagram.
Com informações de Bored Panda

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Ana Carolina Conti Cenciani
Ana, 19 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui notícias que são boas de se ler.