Mabel Calzolari, ou Maria Belén morreu nesta terça-feira (22), com apenas 21 anos. A atriz deixou um filho de quase dois anos, fruto do relacionamento com o ator João Fernandes.

Foto: Reprodução Instagram

Mabel sofria de uma doença chamada aracnoidite torácica e acabou tendo uma morte cerebral, que foi confirmada por sua mãe em um texto nas redes sociais.

A doença é caracterizada por uma inflamação que ocorre na aracnoide, uma das membranas que circundam os nervos da medula espinhal.

A inflamação na medula pode ter várias causas. No caso de Mabel, a suspeita é de que o problema tenha sido provocado pela anestesia raquidiana que a atriz recebeu durante o parto do filho.

Foto: Reprodução Instagram

“Minha filha amada. Venho aqui nas suas redes sociais me despedir de você, com uma foto que expressa muito bem quem você é. Seu sorriso, sua beleza, sua força, sua energia, seu carisma, todo seu amor estão ai. E não vão embora nunca. Você pode partir, pode ir pra junto de Deus. Mas o que você inspirou e transformou estarão aqui para sempre.”, escreveu a mãe nas redes sociais.

“Com muita dor, informo a vocês que Mabel hoje teve morte cerebral. Foi uma jornada de luta e sofrimento que se encerra hoje. Agradecemos do fundo do coração todo o amor que minha filha recebeu aqui.”, completou.

Mabel Calzolari nasceu na cidade de Córdoba, na Argentina. Ela veio para o Brasil quando tinha apenas 6 anos de idade. Iniciou a carreira como modelo, participando de diversas campanhas publicitárias.

Quando tinha 15 anos, começou um curso de teatro no Paraná. Após três anos, mudou-se para o Rio de Janeiro para investir na carreira.

Entre seus trabalhos, Mabel fez algumas participações na novela “Orgulho e Paixão”, de 2018.

Quando descobriu a aracnoidite, a atriz teve que passar por diversos procedimentos cirúrgicos e compartilhava alguns dos momentos de luta em suas redes.

O ator João Fernandes, fez uma homenagem a sua amada: “Sim, Mabel. Eu sempre enxerguei suas fraquezas, seus medos, mas ninguém nunca lutou tão bem contra eles quanto você. Você nunca chegou a ter a real noção do tamanho da sua grandeza e força… Desde o dia que decidiu entrar naquele ônibus, quando decidiu tomar aquela anestesia… Você nunca deixou que ninguém te diminuísse ou desacreditasse dos seus sonhos, Ari e Selena teriam muito orgulho. Você é rara, meu anjo.”, diz.

Foto: Reprodução Instagram

“Hoje eu perdi minha vizinha, minha amiga, inspiração, namorada, noiva, ex, amiga, parceira e mãe do meu filho. E o mundo ganha mais um capítulo sobre a história da mulher mais sinistra que eu já vi. Obrigado por lutar tanto por nós, pela nossa família, por ter me escolhido e me dado o maior presente que existe no mundo.”, completa.

Com informações de G1

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.