Após vencer o alcoolismo, varredor de rua se torna uma celebridade da reciclagem no YouTube

Seu canal, possui mais de 100 mil seguidores e vídeos virais com mais de 2 milhões de acessos, mas antes de tudo isso, Giorggio também já enfrentou inúmeras dificuldades.

Ana Carolina Conti Cenciani

Giorggio Abrantes aproveitou o seu tempo na reabilitação para encontrar um novo hobby que se enquadre perfeitamente na sua profissão e também ajude o meio ambiente. Seu canal no Youtube é uma fonte de inspiração e informação, onde ele compartilha tudo o que aprendeu.

Conhecido nas redes sociais como Gari Ecológico, o trabalhador e empresário tornou-se um dos maiores exemplos de reciclagem na internet, mas conforme ele contou em entrevista recente para a TV Paraíba, a mudança em sua vida só veio depois de encontrar o “fundo do poço”.

Nascido em Aparecida, no interior da Paraíba, há alguns anos o varredor de rua enfrentou uma longa e dura luta contra o alcoolismo.

No entanto, foi durante o período em que ficou internado em uma clínica de reabilitação que sua vida começou a mudar. Entre as atividades propostas pela instituição, ele acabou aprendendo muito sobre a reciclagem, que hoje é a responsável por essa reviravolta, que o tornou um famoso Youtuber.

Assim, além de ajudar o meio ambiente, ele tem inspirado milhares de pessoas a ver as dificuldades da vida com outros olhos.

Depois de deixar a clínica e retornar ao trabalho nas ruas de Aparecida, Georggio começou a colocar em prática seu aprendizado e coletar garrafas PET para criar vassouras, varais e até mesmo um alto-falante.

Em um mundo onde o descarte de resíduos plásticos se tornou um dos maiores desafios, o trabalho desse novo youtuber é tão essencial quanto fascinante. As vassouras, assim como as garrafas pet em si, são muito resistentes e têm durabilidade de cerca de 3 anos. Para um varal de 15 metros, ele usa 4 garrafas que, se não fosse por ele, iriam parar nos oceanos.

Nos vídeos, ele não apenas orienta as pessoas sobre como transformar garrafas em outras ferramentas, mas fala sobre a importância de separar bem o lixo e lavá-lo antes de jogá-lo fora. A prática é uma demonstração de respeito por aqueles profissionais que passam boa parte de suas vidas limpando nossas cidades.

Com os mais vulneráveis em mente, o varredor inventou uma caixa de alto-falante feita inteiramente de garrafas PET. Acessível, sustentável e eficiente, o equipamento é a prova da inteligência e criatividade deste brasileiro, que encontrou todas as suas forças na adversidade. Um verdadeiro herói!

 

 

Com informação de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Ana Carolina Conti Cenciani
Ana, 19 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui notícias que são boas de se ler.