Após ser abandonado e perder suas perninhas, esse cachorrinho corre livremente com suas novas rodas!

Nem mesmo a amputação tirou sua alegria e otimismo. Agora ele corre feliz em sua cadeira de rodas, graças ao amor que recebeu de sua nova família. Veja o vídeo.

CONTI outra

O pequeno Benji, apesar de ser um cão fofo e adorável, sofreu muito em seus poucos anos de vida. Ele é um vira-lata, com uma mistura de terrier tibetano e foi encontrado na Romênia em uma lata de lixo. Mas isso não foi o pior, pois estava à beira da morte, já que havia recebido fortes golpes que acabaram quebrando sua coluna.

Felizmente, ele foi encontrado a tempo e levado a um centro veterinário, onde um especialista realizou uma dupla amputação. Mas, apesar de tudo, “Benji”, como foi batizado, nunca deixou de ser um cãozinho alegre e carinhoso.

Philippa Esson / Facebook

Sua ternura e resiliência, embora tardia, foi recompensada. Benji foi adotado pela americana Philippa Esson, que se preocupou em lhe proporcionar um lar acolhedor e seguro, onde possa viver feliz pelo resto de sua vida.

Philippa Esson / Facebook

E, de fato, ela até comprou uma cadeira de rodas para ele, para que a ausência das duas pernas amputadas não limite sua capacidade de se mover e sair para passeios divertidos com ela.

Philippa Esson / Facebook

“Benji é um menino muito feliz e na verdade ele está sempre sorrindo. Ele é muito amigável e adora a vida sobre suas rodas. É difícil acreditar que o espancaram quase até a morte e o jogaram no lixo.”, relata Philippa.

No momento não há nenhuma foto em que Benji não esteja feliz. Sua vida hoje é pura alegria. E não só pelo seu otimismo habitual e incorruptível, mas porque agora está recebendo o carinho e amor que sempre quis e mereceu!

Com informações de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.