Após doação milionária, Magazine Luiza dobra auxílio-creche de funcionários fora do home office

Depois de doar R$ 10 milhões para ajudar no combate à Covid-19, a rede de lojas Magazine Luiza anunciou que irá dobrar o valor do chamado “cheque-mãe”, o auxílio-creche da empresa, para cerca de 5.500 funcionárias que não estão trabalhando em casa, no home office.

REDAÇÃO CONTI outra

Nesses tempos de combate ao coronavírus, muito se fala sobre a situação das pessoas que não podem ficar em casa durante a quarentena porque estão ocupando seus postos de trabalho em serviços essenciais ou em setores que não paralisaram seus serviços. Esses profissionais merecem todo o suporte e o reconhecimento que seus empregadores puderem oferecer. E, neste sentido, uma empresa que tem dado um ótimo exemplo é a Magazine Luiza. A rede de lojas anunciou recentemente que irá dobrar o valor do chamado “cheque-mãe”, o auxílio-creche da empresa, para cerca de 5.500 funcionárias que não estão trabalhando em casa, no home office.

De acordo com a empresa, que é administrada pelas famílias Garcia e Trajano, a decisão visa ajudar as funcionárias que não puderem ficar em casa. Segundo avaliação da empresa, essas profissionais já estão enfrentando dificuldade devido ao fechamento das escolas e creches por conta da pandemia de coronavírus, por isso a ajuda se faz ainda mais necessária.

O valor do benefício saltará dos atuais R$ 250 para R$ 500. O objetivo da proposta é permitir que as profissionais consigam contratar alguém para cuidar dos filhos no período em que estão trabalhando, uma vez que as crianças não estão indo para a escola.

Esta não é a primeira vez que a Magazine Luiza dá bom exemplo quando o assunto pe solidariedade. No dia 27 de abril, a empresa anunciou a generosa doação de R$ 10 milhões para ajudar no combate à Covid-19. O dinheiro será usado para comprar equipamentos (como respiradores artificiais, leitos, colchões) e outros itens para o tratamento das vítimas da doença.

Além disso, a rede de lojas presidida por Luiza Trajano também doou, até o momento, 4 mil colchões e travesseiros para os governos estaduais do Pará e da Bahia. As doações foram realizadas para equipar abrigos que acolhem pessoas em situação de rua e para outras populações socialmente vulneráveis que estejam com sintomas do vírus.

***

Redação CONTI outra. Com informações de Ric Mais

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.