No último sábado, 25 de abril, o Recife ficou em luto após o falecimento do colecionador de artes Ricardo Brennand, 92 anos, vítima do covid-19.

Durante a reportagem que dava a triste notícia, a repórter Beatriz Castro, da GloboNews, se emocionou e, por instantes, ficou com a voz embargada ao falar da perda do empresário.

“Momento muito difícil para a gente”, disse, com lágrimas nos olhos enquanto falava da biografia de Ricardo Brennand. Depois desculpou-se, ainda ao vivo.

Através do Twitter, Beatriz Castro disse posteriormente:

“Gente, nunca tinha acontecido antes. Tanta coisa pra dizer e chorei ao vivo. As lágrimas escorriam sem qualquer controle. É gratidão e admiração pelo dr Ricardo Brennand. É a soma da tristeza deste momento. Quero agradecer o carinho de todos que entenderam esse choro. Beijo”, escreveu a repórter.

Conheça a história de Ricardo Brennand

(No vídeo ele ainda estava vivo, por isso a fala no presente)

 

O Instituto Ricardo Brennand é considerado um dos melhores museus da América do Sul.

Para saber mais conheça o Instituto Ricardo Brennand

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.