“Em caso de febre, tome paracetamol. Se você já está tomando medicamentos anti-inflamatórios ou em caso de dúvida, pergunte ao seu médico”, escreveu Olivier Véran, ministro da Saúde da França, no Twitter.

Verán, que é médico, afirmou no sábado (14) que remédios como ibuprofeno e corticoides podem agravar infecções no organismo e até piorar o quadro de saúde, em casos de pneumonia, por exemplo.

No Brasil, o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, pediu que as pessoas não se automediquem e que  procurarem a emergência do hospital apenas pacientes que estiverem com falta de ar. Casos leves, com febre baixa e sintomas gripais podem ir a unidades básicas de saúde, de acordo com o ministério.

Por que não devemos tomar antiinflamatórios como o Ibuprofeno?

“Há muito tempo que temos esta recomendação de evitar o ibuprofeno e todos os AINE em viroses. Não se trata de uma recomendação específica para a Covid-19”, nota a pediatra Margarida Ejarque Albuquerque, que trabalha num hospital público em Tours, França. No caso de infeções cutâneas ou varicela, está mesmo proibido prescrever estas substâncias, usadas por vezes para fazer baixar a febre e diminuir a dor.

A questão é que estes anti-inflamatórios, tal como acontece com a cortisona, afetam a capacidade de reação do sistema imunitário, a quem cabe a tarefa de eliminar os vírus do organismo. Por essa razão, sempre que se supeitar de uma infeção viral, para o alívio dos sintomas deve-se optar pelo paracetamol, informou a publicação na revista SAPO

O R7 deixou um infográfico com dicas para diferenciar a gripe do coronavírus. Confira:

Arte/R7

Com informações de R7 e SAPO

Foto de Anna Shvets no Pexels

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.