Antes de um amor mais ou menos com alguém, prefiro um amor imenso por mim mesma!

Meu amor é o sentimento não lapidado, aquele que se manifesta e se anuncia sem a menor cerimônia, então não me peça para viver um amor sem intensidade. Só sei amar em alta voltagem. Se não for por você, que seja por mim mesma!

REDAÇÃO CONTI outra

Querem me fazer acreditar que sou louca simplesmente por amar sem o menor pudor. Amo sim, com a intensidade de quem sabe que cada segundo é precioso. Sou feita de arroubos, de paixões avassaladoras, de juras de amor na madrugada, do suspiro que manifesta o mais puro deleite. Eis minha condição: Me ame com a mesma entrega que ofereço, ou permita-me ir embora.

Não é muito o que te peço. Quero o seu sorriso mais honesto e todas as histórias que você não quis contar. Quero a sua cumplicidade e a sua mão estendida; ou simplesmente aquela última dança que você não quis conceder. Prometo ser a música, o passo e compasso. Sua mão a me guiar pelo salão debaixo de um glorioso céu de estrelas. Eu quero o piano, as cordas, as madeiras e os metais; eu quero a orquestra toda tocando. Não nasci para viver de silêncios.

Talvez não estejamos no mesmo compasso. Sua música é um blues, a minha é um mambo caliente. Mas sempre dá pra fazer uma salsa, um maxixe ou um baião. Essa é minha última cartada. Só quero amar e ser amada. Quero colorir tudo o que até agora foi branco e preto. Quero abrir a janela e deixar o Sol entrar. Você vem comigo?

Amor mais ou menos pra mim não é opção. Eu só ligo o rádio e acho outra canção, uma que tenha o ritmo e a batida certa para me fazer vibrar. Não, não me peça para viver um amor sem intensidade. Só sei amar em alta voltagem. Se não for por você, que seja por mim mesma!

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.