Yasmin Rodrigues, de 26 anos, foi detida nesta quinta-feira (29), por ter tirado a vida de seu filho, Miguel dos Santos Rodrigues, de apenas 7 anos.

A mãe agredia o filho fisicamente, além de fazer pressão psicológica na criança, que era obrigada a escrever frases autodepreciativas em um caderno.

O caderno com as frases escritas por Miguel foi apreendido na noite de terça-feira (3) pela Polícia Civil, em um dos apartamentos onde Miguel morou com a mãe.

Frases como “Eu sou um idiota”, “Eu não mereço a mamãe que eu tenho” e “Eu sou um filho horrível” foram escritas pelo garoto.

Crédito: Divulgação/Polícia Civil

No mesmo apartamento, também foi encontrada uma corrente que era usada para prender Miguel.

Segundo o relato à polícia, Yasmin ela dopou Miguel usando medicamentos e, mesmo sem ter certeza de que o filho já não estava mais vivo, colocou o corpo inconsciente dentro de uma mala e o jogou no rio.

A própria mãe procurou a polícia na última semana para relatar o desaparecimento da criança, mas entrou em contradição e confessou o crime.

A prisão de Yasmin foi convertida em preventiva e ela foi levada para o Presídio de Torres.

Denuncie abuso infantil:

Disque 100

Como nos casos de violência sexual, racismo, homofobia e outras violações de direitos humanos, qualquer cidadão pode fazer uma denúncia anônima sobre casos abuso infantil pelo Disque 100. A denúncia será analisada e encaminhada aos órgãos de proteção, defesa e responsabilização em direitos humanos, respeitando as competências de cada órgão.

Aplicativo Proteja Brasil

Depois de instalar o aplicativo gratuito em seu celular, o usuário rapidinho, respondendo um formulário simples, registra a denúncia, a qual será recebida pela mesma central de atendimento do Disque 100. Se quiser acompanhar a denúncia, basta ligar para o Disque 100 e fornecer dados da denúncia.

Ouvidoria online

O usuário preenche o formulário disponível aqui e registra a denúncia, a qual também será recebida pela mesma central de atendimento do Disque 100. Se quiser acompanhar a denúncia, basta ligar para o Disque 100 e fornecer dados da denúncia.

Com informações de Catraca Livre

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.